X

Apresentação

Centro de Referência em Ensino de Física (CREF)

Com quase 17 anos de atividades, o CREF foi criado como uma instituição vinculada com a sala de aula de Física e voltada para formação inicial e continuada de professores.

Ao longo dos anos, o Centro, preocupado com a modernização dos recursos implementados e dos conteúdos abordados no ensino de Física, promoveu diversas iniciativas, destacando-se a realização de sete edições do Encontro Estadual de Ensino de Física – RS e de inúmeras oficinas e palestras com participação de pesquisadores nacional e internacionalmente reconhecidos. Mais recentemente, o CREF passou a difundir conhecimentos no mundo virtual fornecendo respostas para perguntas sobre Física apresentadas por todo tipo de público, incluindo leigos, professores e cientistas, por meio do “Pergunte ao CREF”, alcançando a marca de três milhões de acessos este ano.

Desde a inauguração do CREF, mudanças relevantes aconteceram na área de ensino de Física. Houve a criação dos Mestrados Profissionais (MP) em Ensino e os Institutos Federais (IF) possibilitaram a existência de cursos de licenciatura em locais antes inimagináveis.

A sala de aula de Física, no entanto, não acompanhou todas essas mudanças. O impacto dos produtos produzidos nos MP é tímido; as investigações da área de ensino de Física se distanciaram das salas de aula; e os IF não resolveram os problemas relacionados com à formação deficiente dos professores de Física.

Assim como o CREF se propunha a promover uma modernização do ensino de Física, é necessário que, depois de tantos anos, ele próprio seja modernizado em face a todas as experiências vividas pela comunidade de ensino de Física desde sua fundação. São necessárias ações objetivas para se promover uma reaproximação da pesquisa em ensino com os contextos educativos, em particular dos Ensinos Fundamental e Médio. Essas ações, no entanto, não podem ser fundamentadas na concepção de que a Universidade deve propor soluções de forma unilateral. As experiências nos mostram que as soluções, para que efetivamente tenham impacto, precisam ser construídas com a participação ativa da comunidade escolar, o que pode ocorrer em ambientes de colaboração que promovam relações horizontais entre a Universidade e as comunidades escolares. Esses ambientes, presenciais (em escolas, universidades, fundações etc.) e/ou virtuais, podem contribuir para a construção e a difusão de conhecimento livre (open source) em benefício da sociedade, integrando alunos de graduação, pós-graduação, professores universitários, do Ensino Médio, pesquisadores e a comunidade em geral.

Frente às transformações e necessidades aqui citadas, o Centro de Referência em Ensino de Física do Instituto de Física da UFRGS, passa a ser uma entidade devotada ao ensino, pesquisa e extensão centrada na(o):

* Promoção de espaços colaborativos nos quais membros das comunidades acadêmica e escolar participem ativamente na elaboração e implementação de alternativas inovadoras para o ensino de Física nas escolas;

* Construção e difusão de conhecimento livre, em particular na forma de Recursos Educacionais Abertos;

* Apoio a pesquisas voltadas para a formação inicial e continuada de professores, sobretudo àquelas comprometidas com a integração dos saberes acadêmicos e escolares.

Porto Alegre, 06 de outubro de 2017

Leonardo Albuquerque Heidemann