X

Precessão dos equinócios e as estações do ano

Por que a precessão dos equinócios não altera, com o passar do tempo, as estações do ano no planeta terra, numa escala geológica de tempo? Exemplificando: o hemisfério norte nunca terá o verão entre 21 de dezembro e 21 de março?

Respondido por: Profa. Maria de Fátima Saraiva (IF-UFRGS)

A precessão dos equinócios altera o ponto da órbita em que a Terra se encontra em uma determinada estação do ano, mas não altera os meses correspondentes a cada estação porque nosso calendário não é baseado no ano sideral – o tempo para a Terra dar uma volta completa em torno do Sol, tomando como referência uma estrela fixa, e sim  no ano tropical – o tempo que a Terra leva para dar uma volta em torno do Sol tomando como referência o ponto Áries (representado pela letra gama).

O ponto Áries é uma das interseções da órbita da Terra (eclíptica) com o plano do equador da Terra, e quando a Terra está nesse ponto acontece o equinócio vernal, ou equinócio de março, que é o equinócio de primavera no hemisfério norte e equinócio de outono no hemisfério sul. Quando a Terra está no outro ponto de intersecção de sua órbita com o equador acontece o equinócio de setembro, ou equinócio de primavera no hemisfério sul e equinócio de outono no hemisfério norte.

image.png

Devido ao movimento de precessão do eixo da Terra os pontos de equinócio não são fixos, mas se deslocam lentamente (50 segundos de arco por ano) no sentido de antecipar o equinócio seguinte, de forma que o ano tropical é um pouquinho (aproximadamente 20 min) mais curto do que o ano sideral. Mas, como  nosso calendário de 12 meses segue o ano tropical, o equinócio de março sempre será o equinócio de primavera no hemisfério norte e o o verão no hemisfério norte sempre   começará em junho.

Como a posição da Terra na órbita em determinada estação se altera lentamente com o passar dos anos,  a aparência do céu em determinada estação também se altera e as constelações típicas de cada estação vão mudando gradualmente.  Atualmente o Escorpião é uma constelação típica dos meses de inverno no hemisfério sul e Órion é uma constelação típica dos meses de verão no hemisfério sul.

Daqui a 13 mil anos, quando tiver fechado metade de um ciclo de precessão,  Órion brilhará no  céu de inverno (junho – setembro) do hemisfério sul e Escorpião será visto no céu do verão (dezembro a março) do mesmo hemisfério.


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *