X

Por que a ISS se apresenta visível apenas alguns minutos?

Nesta postagem o Prof. Anderson Alves (Betim-MG) responde a um questionamento dos terra-chatos que acham estranho que a ISS é visível por apenas alguns poucos minutos em qualquer lugar da Terra.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

O Prof. Anderson Alves (Betim-MG) postou o seguinte comentário, em resposta aos terraplanistas  sobre a visibilidade da ISS, em uma comunidade do Facebook:

Para os terraplanistas que me perguntam porque a Estação Espacial Internacional fica visível sempre apenas alguns minutos. Os cálculos mostram que quando ela passa no meio do céu de um observador (portanto passa pelo zênite de um observador) o tempo máximo total  em que ela poderia ser visível seria uns 9 minutos. Outra pergunta interessante é pq ela é visível sempre perto das 18 ou perto das 6 da manhã. A resposta é simples: A estação tem uma órbita muito baixa (350Km mais ou menos) esta órbita a deixa muito perto da Terra. A estação somente pode ser vista quando reflete a luz do Sol e se ela estiver na sombra (noite) não pode ser vista. Se for dia não pode ser vista porque a luz do Sol ofusca a visão, razão pela qual não vemos estrelas durante o dia. Então para a estação ser vista, ela tem que estar iluminada pela luz do Sol e a atmosfera tem que estar escura (noite). Eu já tive uma experiência interessante observando aviões no céu. Onde onde eu estava, o Sol já havia se posto a algum tempo mas onde o avião estava ainda NÃO e eu  pude vê-lo brilhando refletindo a luz do Sol. Com a estação é a mesma coisa mas a mesma estando a uma altura muito maior no caso 350 km,  perto das 18 horas ou perto das 6 horas da manhã antes de amanhecer e pouco depois do por do sol, é possível se ter um céu escuro e a estação logo acima iluminada pela luz solar. A seguir apresento um modelo simples para a máxima duração de uma passagem da ISS para um observador, a partir do conhecimento do raio da Terra, da altura da órbita da ISS (350 km) e do período orbital (90 minutos),  usando matemática da oitava série e uma calculadora.

Desta forma o professor, usando um modelo muito simples, conseguiu demonstrar que em situação excepcional a visibilidade da ISS chegaria a cerca de 9 minutos.

Quando consultamos as previsões para a observação efetiva da ISS em Heavens Above, verificamos que de fato a sua visibilidade está restrita a alguns poucos minutos no máximo, corroborando que o cálculo do Anderson é uma superestimativa.

Outras postagens refutando o negacionismo sobre a existência de satélites:

AS ATUAIS TECNOLOGIAS DE TELECOMUNICAÇÕES EVIDENCIAM A ESFERICIDADE DA TERRA

Para onde apontam as antenas parabólicas que recebem sinais de televisão?

Satélites de telecomunicações não existem, afirmou um aloprado terra-chato!

“Docendo discimus.” (Sêneca)


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *