X

O solstício de verão na Terra Plana e no mundo real!

Caro professor Lang

Aqui em Porto Alegre o Sol nasce no solstício de verão (22/12/2019) no quadrante sudeste, mais precisamente a 28° com o leste segundo o Time and Date. Eu percebo de minha janela o nascer do Sol nesta época mas não no inverno quando então ele nasce no quadrante nordeste. Pelo que entendo do mapa da TP e do caminho do Sol que o terra-chatos imaginam sobre o Trópico de Capricórnio, ele não poderia nascer em tal posição no mundo mítico chato, não é? Agradeço antecipadamente sua resposta.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Tens toda a razão. No mundo mitológico chato, não apenas no solstício de verão, mas durante todo o ano, a posição do nascente solar deveria ser completamente diferente do que é na realidade. A começar que  na Terra Plana o Sol nunca nunca cruza a linha do horizonte pois sempre está sobre a o disco que constitui o mundo chato. Ou seja, cada nascer e por de sol contradiz a mitologia TP.

Recentemente,  durante o convescote dos terra-chatos em São Paulo, foi divulgado um mapa da Terra Plana, que coincide com a projeção azimutal equidistante do nosso planeta, centrada no Polo Norte (vide figura 1). A partir de tal mapa demonstrarei onde o nascente solar no solstício de verão em Porto Alegre deveria acontecer caso o delírio TP fosse realidade.

Como a qualidade da figura 1 não é boa, usarei para determinar a posição do nascente solar em Porto Alegre no solstício de verão na TP a projeção azimutal equidistante, centrada no Polo Norte e estendida até o Polo Sul,  encontrada na Wikipedia (figura 2).

A figura 3 indica em amarelo a órbita do Sol sobre o Trópico de Capricórnio no solstício de verão em acordo com a mitologia TP (vide ao final da postagem uma imagem do comportamento do Sol segundo um terraplanista). Em Porto Alegre (30° de latitude sul) neste dia o Sol está acima do horizonte durante cerca de 14 horas como se pode verificar em Time and Date. Portanto a posição do Sol ao amanhecer em Porto Alegre se situa próximo a Madagascar. Ou seja,  em relação a Porto Alegre o Sol ao amanhecer se situa distante cerca de 105° em longitude pois, como se desloca 15° por hora sobre o Trópico de Capricórnio em torno do Polo Norte, e é avistado em Porto Alegre 7 h antes do meio-dia, deve se encontrar no amanhecer gaúcho distante 7×15=105° em longitude.

A figura 4 apresenta a figura 3 com a superposição de uma rosa dos ventos em Porto Alegre. Assim se pode avaliar em que direção o Sol  seria percebido junto ao horizonte no solstício de verão, ao amanhecer, no mundo mitológico chato.

Finalmente a figura 5 indica a direção prevista na mitológica Terra Plana e a direção efetivamente acontecida para o nascente solar no solstício de verão em Porto Alegre. Ou seja, se a Terra fosse plana o nascente solar aconteceria no quadrante nordeste quando de fato acontece no quadrante sudeste.

Este é apenas um dos tantos exemplos que demonstram que o delírio sobre ser a Terra plana é insustentável para quem souber observar o comportamento do Sol no céu.

Outras postagens em Mítica Terra Plana.

Um vídeo imperdível A TERRA É UM GLOBO? CONFIRA.

Abaixo o trajeto do Sol no mundo mitológico plano:

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 


2 comentários em “O solstício de verão na Terra Plana e no mundo real!

  1. Marcelo disse:

    Professor Lang, vale ver o vídeo do Fábio Bandini: PARA TERRAPLANISTAS HONESTOS,MAS TAMBEM PARA OS DESONESTOS

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *