X

O que é e como funciona um motor magnético?

Eu tinha ouvido falar num daqueles sites de curiosidades sobre uma fonte de energia inesgotável e extremamente limpa,que foi criado por cientistas japoneses se eu bem me lembro e se chamava de ” MOTOR MAGNÉTICO ” no entanto eu não entendi muito bem a explicação. Alguém aí sabe me dizer o que é essa coisa e como funciona ?

Pergunta originalmente feita em http://br.answers.yahoo.com/question

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

O motor magnético de Perendev ou “free energy” é uma grande mistificação que circula pela web.

Na verdade tais motores são máquinas impossíveis, produzindo energia do nada, ou seja, são velhos “motos contínuos” que agora incorporam a última tecnologia magnética para ímãs, os superímãs de neodímio. Apesar de encontrares muitíssimas matérias (principalmente vídeos) mostrando os tais motores magnéticos, NÃO encontrarás nenhum site com respeitabilidade científica que dê respaldo a eles. Vê também meus comentários em Alguém me explica como são possíveis os motos contínuos?

Vídeo sobre o tema: Máquinas de “free energy”.

Vide outras questões sobre o tema:

ALGUNS SONHOS SÃO APENAS DELÍRIOS PARA QUEM SABE UM POUCO DE FÍSICA! – Outra vez o motor magnético de Perendev

Enfraquecimento de imã permanente

Motor Magnético Perendev: fraude!

A panaceia energética: vácuo quântico!

Moto contínuo é possível sim!! 😉

“Docendo discimus.” (Sêneca)

_______________________________________

Comentários no Facebook

Alexandre Medeiros – Há algo de positivo na longa história da busca de um Moto Contínuo. A contínua reflexão sobre a sua dificuldade de construção foi UM DOS CAMINHOS que levou à ideia de sua impossibilidade e ao conceito de ENERGIA e sua CONSERVAÇÃO. Infelizmente, é uma lástima que mesmo após a construção da Termodinâmica ainda haja quem insista nesse mesmo caminho já trilhado. As tentativas mais recentes e ousadas de tal empreendimento são as buscas, cada vez mais frequentes, de uma forma prática de se conseguir retirar energia do vácuo quântico. Isso não seria exatamente um moto perpétuo, mas se tal coisa fosse possível, seria o que mais dele se aproximaria. O Alexandre C Tort certamente sabe bem mais que nós dois sobre isso e poderia desenvolver esse meu breve comentário.

Alexandre Medeiros -Há um ponto que me interessa bastante nessa questão do Moto Contínuo e penso que também ao Ciclamio Barreto e ao Fernando Lang da Silveira. Trata-se da ligação entre a impossibilidade física da existência de um Moto Continuo e a necessária negação do conceito religioso de “espírito”, “alma” ou “energia vital”, como preferem alguns. Como bem lembrou o filósofo Mauricio Rocha e Silva em seu maravilhoso “The Rational Frontiers of Science: The Origins of Knowledge and Explanation in Science” (Krieger Pub. Co, p. 18): “Vital force, if it existed independently of the physical or chemical energy contained in the molecular interconnections of food, would enable the construction of a moto-continuum making us independent of food consumption”. Logo, a Termodinâmica é algo que vai contra o conceito de “alma” ou “energia vital” transcendente ao corpo material.

Visualizações entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 10602.


3 comentários em “O que é e como funciona um motor magnético?

  1. Mauricio disse:

    Sobre o comentário do Alexandre Medeiros, acho que cabe observar reportes sobre estudos realizados na India, pelo Exército daquele país, com monges, onde tais monges passaram uma semana sendo monitorados, e não consumiram nenhum tipo de alimento ou água, e não tiveram nenhuma alteração do seu metabolismo.
    Além disso, sobre o conceito de motor magnético, devemos entender que não se está tirando trabalho do nada. A energia está contida no campo magnético gerado pelo imã permanente. O difícil, quase impossível por enquanto, é encontrar uma maneira viável de aproveitar tal energia potencial e convertê-la em energia consumível. Mesmo considerando que tal energia seja de 20 joules para um imã do tamanho de uma pilha, não podemos esquecer que esta energia estará presente durante mais de 10 anos, enquanto que energia química, apesar de muito maior, será consumida em um período extremamente curto.

  2. Sérgio Galdino de Barros disse:

    Perfeito! Quando criança, me fascinava pelos imãs e suas propriedades, mas na prática, um imã é uma espécie de gerador de gravidade restrita a certos metais. Assim, se fosse possível construir um motor magnético, seria possível construir um motor com a gravidade, coisa que não acontece. Um imã atrai e gruda a uma porção de metal, gerando trabalho (força x distância), o qual deverá ser dissipado no mesmo valor quando se deseje desgrudar o metal. Isso implica que seja incapaz de gerar alguma potência. Os embusteiros de plantão que almejam obter visualizações no Youtube com maquinações fraudulentas se multiplicam, mas se fato tão simples fosse possível, Arquimedes, Da Vinci, Max Planck, Einstein ou Tesla já teriam resolvido os problemas de energia da humanidade. Não será um obscuro adolescente com espinhas no rosto que mal sabe calcular o volume de uma esfera que conseguirá intentar uma forma de burlar as leis da Natureza só porque há, hoje, formas de se fazer ver e ouvir pelo mundo inteiro sem gastar muito.

Deixe uma resposta para Sérgio Galdino de Barros Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *