X

Invenção do Cálculo: Leibniz ou Newton

Professor Lang, quem afinal inventou o cálculo? Newton ou Leibniz?

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Resposta e discussão no Facebook

Fernando Lang da Silveira – Se eu soubesse com certeza esta resposta …. 😉

 Alexandre Medeiros – Rsrsrs …

 Fernando Lang da Silveira – Acho que o Prof. Alexandre Medeiros sabe e não nos conta!

 Alexandre Medeiros – TOU FORA! Rsrsrs …

 Fernando Lang da Silveira – Prezada Cláudia Lima: salvo melhor juízo este é mais um exemplo de invenção simultânea. A primazia da invenção possivelmente nunca será elucidada e se constitui em um detalhe que não alteraria a grandeza desses dois grandes filósofos da natureza.

 Alexandre Medeiros – CONCORDO!

Felipe Gsm – Professor permita-me acrescentar algo… Mas, Ambos inventaram o cálculo em tempos próximos, porém em lugares diferentes, com conceitos e linguagens distintas, como podemos observar pela notação de Leibniz… E se não me engano houve uma certa disputa entre os dois… Me corrija se eu estiver errado…Obrigado!!

Cláudia Lima – Eu li uma matéria na Superinteressante que ambos chegaram ao cálculo por caminhos diferentes.

Fernando Lang da Silveira- Houve MUITAS disputas entre eles!

Fernando Lang da Silveira – Newton estava na ilha e Leibniz no continente!

 Fernando Lang da Silveira – As divergências entre ambos tinham origem também em filosofias diversas. Como bom britânico Newton se alinhava ao Empirismo vigente na ilha. Leibniz é um importante representante do Racionalismo continental.

Fernando Lang da Silveira – Leibniz opunha importantes argumentos a diversos aspectos do pensamento newtoniano.

Cláudia Lima – Do ponto de vista teológico parece que Newton deixou muito a desejar, inclusive ele calculou o fim do mundo para 2060.

Alexandre Medeiros – Lang, quem “esperneou” com o Leibniz não foi logo o próprio Newton; foi o matemático suíço Nicholas Fatio de Duillier, de 22 anos, que era “amiguinho” de Newton. Aquele mesmo que quando adoeceu, o Newton enlouqueceu (enlouqueceu, mesmo) e prometeu dar todo o seu dinheiro para curar o “menino”. Foi o “menino” Duillier que atiçou o Leibniz para defender seu tutor mais velho, Newton a respeito do Cálculo. No fundo NÃO fazia sentido que um copiasse o outro, pois as heurísticas são MUITO DISTINTAS. O Cálculo de Leibniz é muito mais rigoroso. http://www.timeshighereducation.co.uk/156180.article

 Fernando Lang da Silveira – Eu não tenho conhecimento dessa dessa profecia!

 Cláudia Lima – Eu li na Superinteressante ou Wikpédia, acho.

 Alexandre Medeiros – Qual PROFECIA?

Fernando Lang da Silveira – Do fim do mundo em 2060! Será que o assistiremos Alexandre Medeiros? Eu pretendo!

Alexandre Medeiros – Quem falou nisso? Rsrsrs …

 Fernando Lang da Silveira-  O Clark não foi um dos newtonianos que debateu com Leibniz Alexandre Medeiros?

Alexandre Medeiros – Sim! Samuel Clark era um newtoniano de quatro costados. Nosso amigo Jenner conhece isso em DETALHES. Mas, o Clark era um “parceiro” INTELECTUAL do Newton. O Duillier era além de parceiro, amiguinho.

 Fernando Lang da Silveira – Pôxa Alexandre Medeiros, já vens com fofocas sobre o Newton!

Fernando Lang da Silveira – Não vai me dizer que ele entrou em detalhes sobre a amizade quando o entrevistaste!

Cláudia Lima – kkkkkkk

 Fernando Lang da Silveira – Cláudia Lima: o Alexandre é um grande entrevistador de ilustres cientistas do passado.

 Alexandre Medeiros – Não são fofocas, não sou disso. O assunto surgiu quando eu esclareci como começou o debate e os ataques a Leibniz. Não acho que falar disso seja denegrir Newton por sua MUITO provável opção sexual, mas apenas exibir sua real condição humana. A não ser que se considere homossexualidade um pecado. É por isso que poucos têm coragem de falar nisso e consideram o assunto um TABU.

Fernando Lang da Silveira – Cláudia Lima: se quiseres ler algumas das entrevistas do Alexandre olha em www.if.ufrgs.br/~lang/AlexMed/

 Alexandre Medeiros – Trato o assunto com MUITO respeito e dizer que o jovem era “amiguinho” dele foi apenas para não ter de entrar em detalhes. Mas, se sabe muito sobre isso. As CARTAS de Newton e Duillier estão guardadas em Cambridge. FOFOCA é a VOVOZINHA. Eis uma delas:

newton

 Cláudia Lima – kkkk, ok lerei, obg.

 Alexandre Medeiros – Em uma delas, o Newton implora ao menino para se hospedarem em quartos contíguos. Etc … Só não vê quem é preconceituoso e acha isso PECADO. De minha parte cada um senta onde achar melhor. Não sendo o meu, cada um faça do seu o que quiser, inclusive o velho Newton. Há um ótimo Projeto na Inglaterra que estuda toda essa polêmica, inclusive os ataques de Newton a Leibniz e o homossexualismo de Newton. http://www.newtonproject.sussex.ac.uk/prism.php?id=40

  Cláudia Lima – Estou muito feliz por minha pergunta ter gerado tamanha discussão!

 Alexandre Medeiros As cartas de Duillier a seu “tutor” Isaac Newton contendo os ataques a Leibniz e “outras coisas” estão em:

Nicolas Fatio de Duillier and the Prophets of London http://books.google.com.br/books/about/Nicolas_Fatio_de_Duillier_and_the_Prophe.html?id=yci4AAAAIAAJ&redir_esc=y

Fernando Lang da Silveira – As discussões com o Alexandre sempre são interessantes!

Alexandre Medeiros É que NÃO sou FOFOQUEIRO como meu grande amigo na brincadeira arriscou. O assunto é sério e merece ser encarado sem hipocrisia. Preconceituoso é quem acha que só tem veado burro na história da ciência. MUITOS deles foram GENIAIS. E eu apesar de ser HETERO não acho que se deve “ESCONDER” a homossexualidade de grandes personagens como se fosse uma “coisa feia”. O cara fazia o que queria da vida dele. Como Santos Dumont, Pierre Curie, Rumford e muitos outros.

 Fernando Lang da Silveira – Eu sabia de um suposto envolvimento de Newton com seu secretário (também Newton mas no sobrenome).

 Alexandre Medeiros – Há muita “fumaça” nesse campo; mas, com CERTEZA só as cartas de amor entre ele e Fatio. Mas, acho provável; entretanto, não se deve insinuar sem evidências tão fortes quanto as cartas citadas. A proposito, essas cartas só foram reveladas em 1932 quando um BAU de escritos pessoais do Newton foi arrematado em leilão pelo economista John Maynard Keynes. Li boa parte desse material na Biblioteca Christopher Wren, mas notei que os ingleses colocam todas as dificuldades possíveis para se ter acesso a esses documentos.

Fernando Lang da Silveira – Este bau que o Keynes arrematou em um leilão revelou muito também sobre o Newton alquimista e o Newton religioso e unitarista.

 Fernando Lang da Silveira – Mas sobre a tal profecia do fim do mundo em 2060 eu nunca li nada!

 Alexandre Medeiros-  SE eu tivesse conseguido tirar xerox teria escrito um livro sobre o assunto. Há muitas coisas interessantes, além da homossexualidade de Newton. Foi ali que se percebeu que ele havia sido um Alquimista, que havia feito um mapa do Inferno e outras coisas incríveis que jamais se imaginaria atribuir ao grande Newton. Assista ao ótimo filme “Newton: the dark heretic” https://www.youtube.com/watch?v=KDZBw4MpLZQ BBC – Horizon – 2003 – Isaac Newton – The Dark Heretic

 Alexandre Medeiros -E também: https://www.youtube.com/watch?v=G44H75Ji5kQ Isaac Newton – The Last Magician – Full Documentary 2013 (BBC)

 Alexandre Medeiros – Sobre Newton há MUITA COISA ainda a ser escrita quando a POEIRA DA HIPOCRISIA BAIXAR.

 Alexandre Medeiros – Vi quase todos os manuscritos de Newton em Cambridge pois meu orientador (Geoffrey Cantor) na longínqua época do meu PhD havia sido curador do Museu de Historia da Ciência de Londres e tinha acesso. Ainda assim, parecia coisa secreta que revelavam com extrema má vontade.

Madge Bianchi Dos Santos – Que pena as discussões no Facebook serem tão voláteis. Deveria ter uma função de classificar e marcar como favoritas as discussões de que gostamos.

 Madge Bianchi Dos Santos – O professor Lang tinha citado essas entrevistas nas aulas e eu tinha me esquecido de procurar, agora vou salvar. Obrigada!

Alexandre Medeiros – Mas, estou acostumado a todas as vezes que levanto esse tema ser LOGO CENSURADO pela POLÍCIA PROTETORA das OPÇÕES SEXUAIS mais CONSERVADORAS. Para essa gente preconceituosa, todo veado deve ser burro. Ainda nos anos 1950, o herói de guerra ALAN TURING foi condenado a tomar hormônio masculino (testosterona) e preferiu o suicídio. Passados mais de 50 anos, a hipocrisia dos guardiões de Newton permanece ainda intocável.

Alexandre Medeiros – Sobre a PROFECIA do FIM do MUNDO ela está contida no livro que Newton escreveu sobre o PROFETA Daniel. O livro é de DOMINIO PÚBLICO, Lang. Pode ler. http://publicdomainreview.org/2012/12/21/sir-isaac-newtons-daniel-and-the-apocalypse-1733/

Alexandre Medeiros- Não fiz ainda nenhuma ENTREVISTA com o NEWTON, mas acho que conheço um pouquinho sobre sua vida e sua obra para um dia escrever a mesma. Rsrsrs … Mas, acho que gente como o pastor Marco Felicianus não iria gostar. Ele e muitos outros guardiões da tradição e dos bons valores. Rsrsrs …

Alexandre Medeiros – Algum dia lhe mostro o MAPA DO INFERNO que Newton desenhou em pormenores. Ele era muito possivelmente esquizofrênico e não apenas bipolar.

Fernando Lang da Silveira – Eu sabia que ainda não fizeste a entrevista com Newton.

Fernando Lang da Silveira Urge que a faças!!

 Cláudia Lima – Newton era bipolar e esquizofrênico?

Alexandre Medeiros – Sei que o meu grande e dileto amigo estava apenas me provocando intelectualmente. E foi ótimo! I really appreciate that!

Cláudia Lima – A maioria dos gay´s que conheço são inteligentes e bem empregados.

 Alexandre Medeiros – Os sintomas são muito parecidos, mas não são iguais. ACHO que os indícios apontam para esquizofrenia. Newton foi INTERNADO no ASILO por longo tempo. NOVAMENTE: http://www.newtonproject.sussex.ac.uk/prism.php?id=40

 Fernando Lang da Silveira – Vi agora que a profecia pode ser também para 2034. Estou começando a me preocupar!

 Alexandre Medeiros – http://www.godlikeproductions.com/forum1/message2142266/pg1  Rsrsrs …

 Felipe Gsm – Caros colegas muito interessante a discussão, parabéns!!

 Cláudia Lima – Faltou Alexandre C Tort neste debate.

 Marcos Ribeiro – Uma aula de História da física no fb genial.

 Alexandre C Tort – Cheguei tarde! Mas aprendi bastante. As referências do Alexandre Medeiros são ótimas.

Henrique Goulart – http://www.youtube.com/watch?v=P9_qaUfKKx8 A História do Cálculo

Alexandre Medeiros – Ótima indicação, esse filme acima que o Henrique Goulart sugeriu. Mas, ainda assim há várias “condições de contornos” nas quais ele não toca. De todo modo é uma ótima introdução ao debate do tema. Além de que o Cálculo teve estas como suas principais vertentes de origem; mas, outros fizeram incursões exploratórias antes deles, dentre eles o Simon Stevin, o Kepler, o Napier e o Isaac Barrow que foi professor do Newton e que são geralmente negligenciados; isso, SEM falar no antigo “método da exaustão” do Arquimedes. O “conceito” de limite já pode ser percebido até na obra artística do Leonardo Da Vinci. Em suas memórias ele afirmou explicitamente algo que poucos deram o devido valor: que desejava captar o sorriso “em transição”. A coisa se escavar vai LONGE …

Acessos entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 3054.


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *