X

Experimentos de Michelson-Morley e a Terra Plana

Boa tarde,

Peço desculpas por incomodar vocês com assunto tão irrelevante, mas é que meu primo enveredou para essa teoria terraplanista e quero trazê-lo para a sanidade novamente.

Ocorre que os terraplanistas afirmam que os experimentos desses cientistas, Michelson e Morley foram realizados para provar o movimento da terra e que por repetidas vezes eles identificaram que a terra não se movia, como não encontro nada na internet que possa esclarecer a intenção dos cientistas, bem como os resultados encontrados, torna-se necessário recorrer a vocês, desde já agradeço.
Cordialmente, Bruno

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Para trazer seu primo à sanidade novamente talvez o mais eficaz seja consultar um psiquiatra ´pois terrachatismo é uma doença cognitiva consequente da contaminação pelo deletério vírus fideísta firmamentum ignorantiae.😉😁

No artigo de 1887 de Michelson e Morley,  On the relative motion of the Earth and the luminiferous ether, os dois cientistas descrevem em detalhe os seus experimentos com o interferômetro, cujo objetivo NÃO era “provar o movimento da terra mas detectar variações da velocidade da luz em um sistema de referência em movimento em relação a um suposto éter luminífero. O éter luminífero designa o meio que propagaria a luz na concepção de Maxwell e outros cientistas: um meio sutil que permearia toda a matéria, preenchendo também o espaço interplanetário.

Este célebre experimento teve resultado negativo na detecção de mudanças no valor da velocidade da luz em decorrência de um suposto “vento de éter”. Entretanto nem para o próprio Michelson o experimento (e outros experimentos posteriores também com resultados negativos) foi suficiente para que descartasse a hipótese do “éter luminífero” conforme está discutido em NÃO é verdade que os experimentos de Michelson-Morley derrubaram a “teoria do éter luminífero”!

Desta forma é uma inverdade que os célebres experimentos de Michelson e Morley tinham como objetivo “provar o movimento da Terra“. Eles serviram para testar a hipótese de que a velocidade da luz era variável caso o observador se movesse em relação ao “éter luminífero”.

A hipótese da existência do éter foi posteriormente descartada graças à formulação a ao sucesso da Teoria da Relatividade.

Mais sobre os experimentos de Michelson e Morley em “Três episódios de descoberta científica: da caricatura empirista a uma outra história”, especialmente seções III.1 e III.2.

Finalmente, Terra Plana não passa de um exercício de dissociação cognitiva a serviço do irracionalismo fideísta. O conhecimento científico é um antídoto para esta concepção esdrúxula e anacrônica conforme está exemplificado em diversas postagens disponíveis em  Mítica Terra Plana.

Especificamente sobre o retrocesso ao geocentrismo, seja pelos fideístas da TP, seja por outras correntes irracionalistas carolas vide É possível sustentar a centralidade da Terra no universo?

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 

 


9 comentários em “Experimentos de Michelson-Morley e a Terra Plana

  1. Fabrício Scheffer disse:

    O legal é a perseverança dos Terra-chatos kkkkk

  2. BRUNO DIAS disse:

    Muito obrigado, Professor.
    É esclarecedor.
    No entanto, sinto que esses “terraplanistas”, não querem entender a verdade, se atendo tão somente a supostos argumentos advindos de videozinhos de YouTube.
    Certamente já espanquei várias teses, mas ainda assim o incauto continua acreditando nessa falácia.
    De fato, é muito difícil explicar algo para alguém que não deseja alterar o que pensa.
    Talvez, o seu conselho seja o correto, é psiquiatria e remédios anti-paranoicos.

  3. Marcelo disse:

    Todos os livros de Física de origem americana dão uma forçada de barra com essa experiência de Michelson-Morley como de suma importância para a Teoria da Relatividade, mas Einstein firmou a teoria da relatividade somente pelo eletromagnetismo, ele nem a conhecia (isso foi uma afirmação direta dele).

  4. José luis disse:

    Caro professor Fernando o que vossa senhoria tem a dizer sobre a declaração do cientista PhD Wolfgang Smith no livro (ciência e mito),onde ele afirma a terra estacionária?

  5. Alysson Ladeira disse:

    Como é possível ter um exército no polo sul pra barrar a passagem das pessoas?
    Mas o que exatamente impediria alguém com espírito aventureiro de se libertar dessas amarras e matar a maior charada da humanidade por si só? “Esse é um movimento de quem nunca saiu da cadeira, não tirou o pijama”, diz Amyr Klink, velejador brasileiro que viaja para a Antártida todo ano, há pelo menos 30 anos. Segundo o capitão (e toda a ciência já produzida), nada de parede de gelo com altura de prédio de 15 andares ou exércitos garantidores da ordem mundial no continente gelado. “Não sei por que ainda damos ouvidos a um discurso tão equivocado.”

  6. LRP disse:

    VOCÊS MONGOLOIDES DEVERIAM LER A BÍBLIA…

    • Fernando Lang disse:

      Eu já li a bíblia de cabo a rabo. Aprendi coisas interessantes lá, por exemplo, que morcegos são aves, que cobras falam, que não devemos nos barbear e cortar os cabelos, … . Mas sobre os experimentos de Michelson-Morley não encontrei absolutamente nada. 😉

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *