X

Eletrólise, combustão do hidrogênio e Lavoisier.

Olá, Gostaria de saber o que acontece com as moléculas de hidrogênio, produzidas por eletrólise da água, ao serem submetidas a uma combustão, levando em conta uma observação de Lavoisier, que diz “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - IF-UFRGS

Na eletrólise da água energia elétrica é fornecida para separar o hidrogênio do oxigênio, “quebrar” as moléculas de água.

A combustão do hidrogênio é a reação dessa substância com o oxigênio. Duas moléculas de hidrogênio (diatômco) se combinam com uma molécula de oxigênio (diatômico), resultando dessa reação duas moléculas de água. Portanto a Lei de Lavoisier não é violada!

No processo de combustão do hidrogênio é liberada energia, produzindo aquecimento, originando a explosão que pode ser observada quando uma chama deflagra, inicia a reação, a combustão. Para 1g de hidrogênio queimado é liberada a quantidade de energia (denominada calor de combustão) de 120.000 joules, cerca de três vezes mais energia do que aquela liberada pela combustão de 1g de gasolina.

Se 1g de hidrogênio for produzido por eletrólise da água mais de 120.000 joules em energia elétrica devem ser investidos. A propósito vide Carro movido a água: milagre ou empulhação?

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *