X

Dúvida recorrente sobre potência de condicionadores de ar

Olá. Estou pesquisando entre os aparelhos de ar condicionado portátil e querendo saber qual será o consumo de energia. No entanto me deparei com dois tipos de potência e com valores bem distintos. Então quero saber qual a diferença entre potência de refrigeração e potência absorvida na refrigeração. Diante desta distinção também quero saber qual entra nos cálculos de consumo de energia. Grato

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

A potência de refrigeração ou capacidade de refrigeração nominal segundo a terminologia do INMETRO – ou de aquecimento em aparelhos em ciclo reverso –  é de 2 a 4 vezes maior do que a potência elétrica consumida pelo aparelho (ou potência elétrica entrada no aparelho). A razão pela qual a potência de refrigeração é maior do que a potência elétrica consumida está discutida em Potência do condicionador de ar?

Para o cálculo do consumo de energia  elétrica interessa a potência elétrica consumida e o tempo de uso do aparelho. Entretanto existe outra informação relevante: o coeficiente de eficiência energética (cee). Esta é a razão entre a potência de refrigeração pela potência elétrica consumida e deve constar também nas informações técnicas do aparelho, podendo ser encontrada em documentos do INMETRO, por exemplo, Etiqueta nacional de conservação de energia.

Ou seja, dentre os aparelhos com semelhantes potência elétrica consumida, deve-se optar por aquele que  apresente o maior cee. Tal informação está também no Selo Procel de Economia de Energia que acompanha o aparelho. Aparelhos com cee superior a 3,23  são categorizados neste selo como classe A. A classe menos eficiente é a D.

Outras postagens sobre o mesmo tema:

Potência do condicionador de ar?

Potência de refrigeração versus potência elétrica do condicionador de ar

Sobre a temperatura ideal de ajuste para o condicionador de ar

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 


5 comentários em “Dúvida recorrente sobre potência de condicionadores de ar

  1. JOAO PAULO DIAS LEAL disse:

    Olá professor! Muito obrigado pela agilidade na resposta. Li também as postagens recomendadas. Estou agradecido pelas informações. Conhecimento sempre é importante, e, neste caso da minha dúvida, ajuda não ser ludibriado por vendedores e saber exatamente o que se comprando. O seu site é muito interessante e possui muita informação fascinante. Parabéns!!!

  2. Gerson disse:

    Boa noite
    Trabalho diretamente com instalação de aparelhos condicionadores de ar.
    Sempre tive dúvida sobre quais parâmetros o Inmetro leva em consideração para padronizar essas etiquetas.
    Levando em consideração que a unidade de medida usada é o Btu, uma unidade de medida de temperatura britânica
    Meu questionamento é :
    Esses aparelhos não deveriam ter como referência nosso clima?
    Afinal uma máquina dessas produz calor em seu motor, logo gera energia dissipada, dessa forma com uma temperatura acima de 35 graus celsius que é muito comum no nosso pais, não diminui a eficiência energética desses aparelhos?

    • Fernando Lang disse:

      A unidade de medida da potência de refrigeração é BTU por hora (BTU/h) que pode ser facilmente convertida em quilowatt ou watt. Neste documento do INMETRO (Tabelas de eficiência) a potência de refrigeração é indicadas em BTU/h e watt.

      De fato a eficiência energética de qualquer bomba de calor (como p. exemplo condicionadores de ar e refrigeradores) diminui conforme aumenta a diferença de temperatura entre a fonte fria e a fonte quente. As condições da medida da eficiência energética estão especificadas em documentos do INMETRO.

  3. Juarez bertie disse:

    Alguem pode me ajudar? Qual a diferenca entre capacidade nominal de refrigeracao “ no meu ar condicionado portatil esta 3517W, e potencia nominal de refrigeracao “que esta tbm na etiqueta do meu ar consicionado portatil 1284w??

    Estou com medo de vir uma conta alta de energia sendo que utilizo 8 hrs diaria.

Deixe uma resposta para Gerson Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *