X

Duas fantasiosas explicações substituem a curvatura na mitológica Terra Plana!

Professor Lang

Os terraplanistas inventam mirabolantes explicações para dar conta do simples efeito que decorre da curvatura da superfície da Terra. Entre tantas,  existe aquela que afirma que objetos distantes, não mais perceptíveis, escondidos pela curvatura da Terra, podem ser “recuperados” desde que se tenha um instrumento como uma luneta, telescópio ou objetivas de câmeras fotográficas poderosas. A “recuperação” aumenta quando o zoom do instrumento aumenta.

Mais recentemente um terra-chato de Palmas inventou o estapafúrdio espelho atmosférico que produz o ocultamento que sabemos acontecer devido a curvatura. O sr. tem até sido citado nos vídeos do terra-chato. (risos)

Gostaria que o sr. comentasse sobre tais explicações. Agradeço antecipadamente.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

A concepção de que um instrumento óptico possa “recuperar” os objetos ocultos pela curvatura é de uma ingenuidade imensa, se prestando também para tentativas desonestas de a demonstrar empiricamente conforme Zoom faz a linha do horizonte recuar na mitológica Terra Plana?

Instrumentos ópticos utilizados na visualização de objetos distantes não fazem mágica, apenas determinam que os raios luminosos oriundos do objeto distante, ao atingirem a objetiva do instrumento como raios divergentes, depois de sofrerem internamente ao instrumento óptico refrações e/ou reflexões, aumentem esta divergência. A razão entre a tangente do ângulo de divergência na objetiva pelo ângulo de divergência na ocular do instrumento é o seu poder de ampliação.

Ou seja, para haver ampliação, devem os raios luminosos que partem do objeto atingir a objetiva do instrumento. Se o objeto está de fato oculto, nada há para amplificar. Acreditar na “recuperação” do objeto oculto é acreditar que algo escondido atrás de um muro possa ser visualizado caso se aponte para o muro que o esconde, um binóculo, ou uma luneta, ou um telescópio, … .

Um vídeo realizado por um fotógrafo com o objetivo de ser apenas um teste de zoom da Nikon P900 – Nikon COOLPIX P900 incredible zoom…+10km to lighthouse, acabou por se transformar em uma contundente refutação do terra-chatismo como se pode observar nos comentários do vídeo. A figura 1 apresenta uma sucessão de imagens obtidas com diferentes poderes de ampliação no zoom da Nikon P900.

 

Na figura 2, na qual as imagens do farol foram ampliadas ou reduzidas de forma que a largura da torre ficasse aproximadamente igual, percebe-se que conforme aumenta o poder de ampliação do zoom absolutamente nada é “recuperado”. Ou seja, a parte oculta do farol permanece oculta, demonstrando outra vez, agora empiricamente (como gostam os terra-chatos), que é impossível “recuperar” a parte oculta.

A figura 3 é uma fotografia feita nas proximidades do farol em uma orientação diferente daquela em que o vídeo foi realizado. A porta do farol não está voltada para o local de onde o vídeo foi feito pois se observam apenas as janelas laterais no vídeo.

A altitude sobre o nível do mar em que o foco do farol se encontra é 23m conforme Marine Traffic. Como a janela inferior, ao lado da porta, aparece no vídeo (figuras 1 e 2), avalia-se pela figura 3 que cerca de 2,0m estão ocultos nas figuras 1 e 2 (as rochas e uma parte da porta na figura 3). Tal ocultação é consistente com o calculador de curvatura Metabunk para um ponto de observação 1,5m acima do nível do mar, com um alvo a 10km de distância conforme informado no início do vídeo.

As evidências deste vídeo também acabam com outra fantasiosa explicação para a notória ocultação de objetos distantes: Sempre em grandes distâncias do observador-chato aconteceria um “espelho atmosférico” que produziria uma miragem inferior, escondendo parcial ou totalmente os objetos da vista do terraplanista.

Como é por demais sabido miragens inferiores podem acontecer em situações em que o índice de refração do ar junto ao solo é um pouco menor do o ar em camadas mais altas. A condição necessária para tal situação é que a superfície do terreno ou das águas esteja aquecida, elevando assim a temperatura do ar junto a ela, diminuindo a densidade do ar e em consequência seu índice de refração, enquanto mais acima a temperatura é um pouco menor e o índice de refração um pouco maior. Miragens inferiores sobre rodovias produzem a conhecida ilusão de água sobre a pista que também pode ser vista em desertos. Miragens inferiores  duplicam e invertem uma  parte do objeto ou da paisagem como exemplificado na figura 4.

Miragens inferiores podem acontecer com objetos acima e adiante da linha do horizonte, inclusive com o Sol ou a Lua.  Quando acontece com o Sol junto ao horizonte, notoriamente a parte inferior do astro é duplicada e invertida, formando o conhecido efeito com a forma de “vaso etrusco” conforme a figura 5 exemplifica.

Então, caso o “fantástico espelho atmosférico” fosse uma realidade para justificar os conhecidos efeitos de ocultação pela curvatura da Terra, sempre deveria ser perceptível a duplicação e a inversão de parte das imagens de objetos ocultos atrás do horizonte. Nas figuras 1 e 2 do farol  não existe qualquer indício de imagem inferior. Idem para pores-de-sol comumente observados, por exemplo o da figura 6 ou do seguinte vídeo: Dissolve.

ADICIONADO em 29/09/2020: Onde estão as miragens inferiores na foto abaixo?

Vide mais na postagem Refração atmosférica e o Sol na mitológica Terra Plana e no mundo real e Pode um resultado negativo em um ”teste de curvatura” refutar o globo?

“Docendo discimus.” (Sêneca)

 


7 comentários em “Duas fantasiosas explicações substituem a curvatura na mitológica Terra Plana!

  1. Geraldo Dias disse:

    Belíssima explicação Professor, mas não vai adiantar. Vão dizer que o Sr trabalha para a NASA. É muito difícil ensinar algo para quem não deseja aprender.

  2. Juliezer disse:

    Ótimo texto! Professor Lang, uma questão pertinente, a existência do horizonte é o suficiente para derrubar a Terra plana.

    Se a Terra fosse chata, não seria possível ver a linha do horizonte em alto mar por exemplo, já que devido ao espalhamento da luz, o mar iria se confundir com o céu e teríamos um fundo azul sem nenhuma fronteira(horizonte).

  3. Rodrigo disse:

    Prezado Prof. Lang, bom dia.

    Em relação à curvatura da Terra, os terraplanistas alegam que não encontram curvatura quando observam o mar, por exemplo, tanto para a esquerda quanto para a direita, supondo com isso que a Terra seria um cilindro, já que a curvatura seria perceptível, no modelo esférico, apenas de frente para o observador.

    Desde já agradeço pela atenção.

    • Fernando Lang disse:

      Em qualquer direção “na frente do observador” a curvatura acontece. Os terra-chatos negam a curvatura em qualquer direção. Aliás eu nunca ouvi falar de um terra-cilindrista mas tudo é possível entre os ignorantes. 😉
      A propósito da curvatura em uma direção paralela à praia vide meu desafio aos terra-chatos gaúchos posto em Terra Plana: respostas ao jornal Zero Hora:
      “Aqui no litoral gaúcho, por não existirem acidentes geográficos como enseadas, baías e morros à beira mar, é também fácil verificar a curvatura da Terra no sentido paralelo à linha da costa. Por exemplo, ninguém consegue enxergar de cima da plataforma de pesca de Tramandaí, situado portanto a alguns metros acima do nível do mar, mesmo em um dia de alta visibilidade (quando a visibilidade é de dezenas de quilômetros), a plataforma de pesca de Cidreira, 20 km ao sul. Com ou sem binóculo. Em uma mítica Terra Plana tal seria possível, mas na Terra real a impossibilidade decorre de que nesta distância toda a plataforma de Cidreira está oculta, atrás e abaixo do horizonte para o observador em Tramandaí.”

  4. Antonio Filho disse:

    Olá Fernando Lang, tranquilo?

    Já foi no Canal onde esse artigo foi refutado com sucesso?
    Suponho que não, pois o artigoa inda se encontra disponível.
    Se tiver vergonha vai lá se retratar com o rapaz do canal ou tentar fazer sua defesa.
    (impossível só pra lhe adiantar) Pois contra fato não há argumentos.
    Segue o link pra você não ter trabalho de procurar…
    https://www.youtube.com/watch?v=LDzf3j1XZuI&ab_channel=HemersonTP

    Fazendo o favor pra você e seus seguidores, espero que esse meu comentário desperte alguém que esteja em busca da verdade.
    Flw!

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *