X

Controle térmico na ISS e a termosfera.

Professor, tirando as alucinações deste terra-chato (O hidrogênio da Geocorona e o negacionismo sobre a ISS!), poderia explicar melhor sobre a parte da termosfera? eu li a postagem sobre a baixa taxa de transferencia de calor nessa região – Alta temperatura na termosfera impossibilita as viagens espaciais?, mas confesso que não compreendi muito bem. Não seria o satélite ou qualquer outro corpo passando nessa região matéria o suficiente para gerar a condução termica?

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

A atmosfera, mesmo aqui embaixo onde a pressão é 1atm, é péssima condutora térmica (vide Valores de condutividade térmica). O trânsito de energia térmica (denomina-se esse trânsito de calor) nos gases mesmo na pressão de 1atm se dá por convecção e radiação.

Na órbita da ISS a densidade de gás atmosférico é muitíssimo pequena. Então a condução não ocorre e também não ocorre convecção. A ISS somente pode trocar energia térmica com seu entorno por radiação e essa pode ser minimizada pelo metal da sua superfície que é péssimo absorvente da radiação. Superfícies metálicas, quando é desejável que ocorram trocas importantes de radiação (seja para absorver, seja para perder energia), podem ser tratadas com substâncias (por exemplo, óxidos) que as tornem altamente emissivas e absorventes.

Partes da superfície da ISS que necessitam absorver a radiação solar (por exemplo, painéis fotovoltaicos) são construídas com materiais absorventes e convenientemente orientados de modo a captar o máximo da radiação disponível, cuja principal fonte é o Sol. Também são necessários painéis com alta emissividade térmica para dissipar excessos de energia no interior da ISS. Se um painel com alta emissividade estiver na sombra, ele emitirá mais energia térmica do que recebe do entorno. É importante lembrar que cerca da metade do tempo de trânsito da ISS em torno da Terra ela se encontra livre da radiação solar por causa da sombra da Terra.

Assim sendo o controle térmico da ISS envolve muita tecnologia que podemos, com um pouco de esforço e real desejo de aprender, entender o essencial. Quem realmente tiver interesse em se informar sobre o tema, encontrará na internet ótimos materiais, por exemplo Sistema de controle térmico ativo1 e Sistema de controle térmico ativo2.

Vídeo sobre o tema: Por que a ISS não derrete?

“Docendo discimus.” (Sêneca)


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *