X

Como é possivel que a Lua mostre sempre a mesma face para a Terra?

Prof. Lang,

Adoro ouvir suas palestras. Já assisti ao vivo duas no planetário da UFRGS, sobre Galileu e sobre sombras coloridas. Assisti diversas no Youtube e como vi uma com o senhor e uma astróloga no programa da Adriane Galisteu, penso que poderá me responder minha dúvida.

Gostaria de saber a razão pela qual a Lua mostra sempre a mesma face para a Terra. Meu professor explicou que se deve ao mesmo tempo de volta da Lua na Terra e da Lua em torno de seu eixo. Mas não entendo a razão de assim ser! Seria coincidência apenas? Ele não soube responder. Grata! Domenica

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Prezada Domenica,

Certamente assististe minhas palestras na página do prof. Eloir de Carli em http://www.youtube.com/user/eloirdecarli.
Esta questão é belíssima! E a resposta muito interessante. Vamos lá então!

O período de translação (ou de revolução) da Lua em torno da Terra está sincronizado com o período de rotação da Lua em torno do seu eixo, a translação e a rotação ocorrendo no mesmo sentido. Ambos são de 27,5 dias aproximadamente. Desta forma a Lua exibe sempre a mesma face para a Terra.

A razão para esta aparente “coincidência cosmológica” se deve à troca de quantidade de movimento angular entre a Terra e a Lua mediada por “forças de maré” (forças que dependem da não uniformidade do campo gravitacional de um corpo sobre o outro). Sobre uma teoria elementar de marés consultar CadernoBrasileirodeEnsinode Física ou ResearchGate .

No passado a Lua estava mais próxima e girava em torno de seu eixo mais rapidamente do que hoje de forma que os dois períodos eram diferentes. As forças de maré na Terra e na Lua (mesmo a Lua não tendo mares ou oceanos sobre forças de maré em sua porção sólida) retardam os movimentos de rotação dos dois corpos e aumentam a quantidade de movimento angular do nosso satélite, enquanto ele se afasta de nós e se torna mais lenta a sua translação, embora ganhando quantidade de movimento angular orbital.

Caso o sistema Terra-Lua fosse um sistema isolado, evoluiria para a sincronia completa, quando em um futuro distante a Lua estaria se trasladando (revolucionando) em torno da Terra e rotacionando em torno de seu eixo em cerca de 50 dias e a rotação da Terra se completaria exatamente no mesmo tempo, cerca de 50 dias. Neste futuro distante veríamos a Lua estacionada no céu, com tamanho aparente menor do que hoje.

De fato a sincronia completa não deve ocorrer pois o Sol interage com o sistema Terra-Lua também com forças de maré e além disso há marés térmicas ocorrendo na atmosfera terrestre.

Questões relacionadas a esta:

Por que não sentimos o movimento da Terra em relação ao Sol?

Por que a lua da Terra não gira p vermos o outro lado?

“Docendo discimus”. Sêneca

Acessos entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 7433.


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *