X

Automóveis não são atingidos por raios por causa do isolamento da borracha dos pneus?

O título desse video é “Raio atinge um carro em movimento” – youtube.com. Não sou adepto a teoria da conspiração, mas raio não cai em carros por conta das rodas de borracha, pelo que eu saiba. Elas também funcionam como isolante. Tanto é que o local mais seguro numa tempestade é dentro do carro. Com tal é possível?

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Raios atingem automóveis e o suposto isolamento dos pneus é irrelevante para tal pois a condução é possível através do ar. Assim como o ar se torna condutor dentro do canal ionizado que constitui o raio, assim o ar entre o automóvel e o chão (mesmo que houvesse isolamento perfeito pelos pneus) pode conduzir também. A proteção dos passageiros é dada pela estrutura metálica, condutora, tornando o automóvel uma “gaiola da Faraday”.

Entretanto neste vídeo há  fortes indícios de que não foi um raio. Para começar é pouco provável que um raio ocorra em um automóvel quando no entorno existem construções mais altas, possivelmente com para raios, postes com rede elétrica, … .

Em segundo lugar, a explosão percebida no vídeo é de cor amarelada, indicando temperatura muito inferior à temperatura dentro do canal ionizado (raio). A cor do raio é branco azulada, indicando temperatura da ordem de dezenas de milhares de kelvin ou graus célsius. Em um raio, além da radiação visível, ocorre radiação UV e IV, além de radiações em frequências bem mais baixas (na faixa de ondas de rádio).

A  explosão no automóvel é mais fria, emitindo luz amarelada, atingindo portanto apenas alguns milhares de kelvin,  característica da combustão de ar e gasolina (ou outro combustível).

A imagem obtida do vídeo evidencia o que de fato aconteceu. Possivelmente aconteceu um vazamento de combustível sobre alguma parte quente do automóvel, produzindo vaporização rápida e formando com o ar uma mistura explosiva. Daí a efetiva explosão é extremamente provável.

carro_explosao

Outras postagens sobre raios:

Carros e raios: a carga fica acumulada após o raio?

Para-raios na praia?

Um mito sobre a captação da energia de raios

Um raio não cai duas vezes em um mesmo lugar. Isto tem algum fundamento científico?

Experiência terrível com um raio!

Raios no mar: pode a eletricidade chegar na praia?

“Docendo discimus.” (Sêneca)

__________________________________

Comentário no Facebook em 06/04/2017

Nathan NielsonUm comentário no vídeo original reforçando a tese da combustão, porém talvez com outra causa:
“This incident happened in Iran. That is not a lightning strike. Someone throw a hand made firecracker that hit that passing car. This kind of incidents happen in the last Wednesday of every Persian year in a folklore called “Chaharshanbeh Soori” where people appreciate fire and jump over it, but some youths abuse it using dangerous hand made grenade-like fireworks.”

Fernando Lang da Silveira – Dá para ver no vídeo que no céu há explosões. Tal corrobora a possibilidade de uma comemoração com fogos e rojões.

Visualizações entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 1719.


Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *