X

Alternador sem imãs permanentes

Professor, poderia explicar como funciona o alternador que não tem imãs permanentes? Este tem dois induzidos, e requer uma energia elétrica inicial para poder gerar energia a partir da rotação mecânica do eixo, mas não entendo como é possivel tirar mais energia do sistema do que é colocado em uma das bobinas.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Se estiveres te referindo aos alternadores reais (ou a outros geradores elétricos reais) – portanto NÃO te referes às inúmeras empulhações que proliferam na internet – a resposta, sem entrar nos detalhes dos dispositivos, se baseia no seguinte:

1 – Uma bobina alimentada por uma corrente produz um campo magnético assim como um ímã permanente produz.

2 – Ainda que se necessite de uma excitação inicial, produzida por uma fonte externa ao alternador (por exemplo uma bateria), posteriormente, quando o alternador já estiver funcionando, tal fonte pode ser dispensada e até “carregada” (energizada) pelo alternador. É o caso dos dispositivos utilizados em automóveis por exemplo.

3 – Um sistema como este NÃO produz mais energia do que recebe. Ele produz energia eletromagnética às custas de receber energia mecânica de um agente externo. Por exemplo, a energia elétrica provinda do alternador que alimenta todo o sistema elétrico de um automóvel é possível pois o motor do automóvel o supre de energia mecânica.

NÃO É POSSÍVEL PRODUZIR MAIS ENERGIA ELETROMAGNÉTICA COM QUALQUER DISPOSITIVO SEMELHANTE AOS GERADORES CONHECIDOS (e utilizados extensivamente em todo o mundo) DO QUE A ENERGIA DE ENTRADA (qualquer que seja esta forma de energia, mecânica, luminosa, química, …). Aliás, a energia de saída de tais dispositivos é SEMPRE menor do que a de entrada, portanto em perfeito acordo com as Leis da Termodinâmica.

Entretanto a internet está repleta de máquinas “maravilhosas”, na verdade empulhações que somente funcionam na tela do computador. Para ver uma destas “belas” empulhações acesse https://www.youtube.com/watch?v=QEIRnOqG188.

Diversas dessas empulhações foram discutidas em outras postagens, por exemplo,

ALGUNS SONHOS SÃO APENAS DELÍRIOS PARA QUEM SABE UM POUCO DE FÍSICA! – Outra vez o motor magnético de Perendev

Moto contínuo é possível sim!! 😉

Alguém me explica como são possíveis os motos contínuos?

A panaceia energética: vácuo quântico!

“Docendo discimus.” (Sêneca)

Visualizações entre 27 de maio de 2013 e novembro de 2017: 792.


Um comentário em “Alternador sem imãs permanentes

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *