X

Ainda os radares na mitológica Terra Plana e no mundo real!

pois é, aí tem esse artigo explicando o SIVAM, onde diz que “Um avião voando a 300 metros de altura é detectado a cerca de cem quilômetros.”. Pela fórmula, ele estaria abaixo da linha do horizonte a 62km. Um pequeno erro? Quase nada? Ou a terra é plana e eu que não sou esclarecido?

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

Este comentário apareceu na postagem Radares e a curvatura da Terra e se refere a uma notícia de 2001: Sivam instala seu 1º radar primário.

A 62 km (sem considerar a refração) ou a 67 km (considerando-se a refração padrão) se encontra o horizonte para uma aeronave voando a 300 m de altitude. Então, se o radar estivesse no nível do solo a aeronave seria detectada a menos de 70 km dele.

Entretanto, como é bem sabido (ou deveria sê-lo!) radares são instalados em pontos elevados sobre o solo (em elevações e/ou torres) com o objetivo de diminuir o encobrimento causado pela onipresente curvatura da Terra. É fácil demonstrar que a informação relativa ao SIVAM está absolutamente correta caso o radar esteja a cerca de 70 m acima do nível do solo.

Se a Terra tivesse o esdrúxulo e mitológico formato de pizza o avião voando a 300 m de altitude poderia ser detectado a distâncias muito maiores do que 100 km, a 400 km conforme outra informação da reportagem.  E mais, não faria diferença se o avião estivesse a 300 m de altitude ou a 3000 m de altitude.

Como a Terra não é chata, radares, faróis, torres de transmissão de FM e de micro-ondas ponto a ponto, … são colocados em locais elevados para minimizar os encobrimentos devido à curvatura do planeta. Em uma Terra com a forma imaginada pelos apedeutas chatos, todas estas tecnologias dispensariam as torres e as elevações pois bastaria que estivessem um pouquinho acima do nível do terreno.

“Docendo discimus.” (Sêneca)


4 comentários em “Ainda os radares na mitológica Terra Plana e no mundo real!

  1. Carlos Lopes disse:

    Eu fico pensando o que leva uma pessoa a fazer uma pergunta destas. Vivemos no final de 2019… com um pé em 2020. Vivemos na era da tecnologia, era informática, do desenvolvimento acelerado. Tudo é tecnologia, informática, aplicativos e desenvolvimento. Nunca foi tão fácil aprender! Basta pesquisar, basta usar a matemática e física (que não engana ninguém). Uma pessoa vive usando no dia-a-dia a tecnologia e negando a forma como ela funciona. É impressionante! Fico pensando que uma pessoa assim ou é acéfala, ou preguiçosa ou as duas coisas ao mesmo tempo. Parece que a humanidade adora cavar buraco na água. Este povo da terra plana só se enterram e só demonstram a falta de neurónios no óbvio vácuo craniano.

  2. Carlos Filho disse:

    Professor Lang, o apedeuta até soube calcular a distância ao horizonte mas esqueceu um insignificante detalhe (risos): a altitude em que se situa o radar. O sr. deu a resposta merecida para o idiota. Parabéns!

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *