X

A ausência das estrelas nas fotos dos astronautas.

Caro Professor Lang

Um dos argumentos dos defensores da “farsa da Lua” é a ausência de estrelas nas fotos feitas pelos astronautas das missões Appolo. Por exemplo na  foto do astronauta ao lado da bandeira – Cernan with the US Flag and Earth –  não aparecem estrelas no céu e por isso dizem que ela é falsa. Os seus “amigos” (risos) terrachatos, mas não apenas eles, usam tal argumento e também estranham o céu ser negro pois a luz solar ilumina a cena e portanto é dia na Lua. Gostaria de ler uma postagem sua sobre o tema. Agradeço antecipadamente. Abraços do seu fã.

Respondido por: Prof. Fernando Lang da Silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/

A foto indicada (figura1) já foi analisada na postagem Tamanho da Terra em foto da NASA: prova de que a foto é falsa?

A figura 1 é a foto do comandante da missão Apollo 17, Eugene A. Cernan, obtida em 12 de dezembro de 1972 pelo astronauta Harrison J. “Jack” Schmitt. Apesar de todo o primeiro plano estar fortemente iluminado pelo luz solar o céu se apresenta negro (lembrando o céu noturno aqui na Terra), devido à ausência de atmosfera. A luz que vemos no céu diurno na Terra é consequente do espalhamento da luz solar pela atmosfera (vide mais em as Cores da lua cheia).

O argumento da “ausência de estrelas” nesta foto (tão ao gosto dos terraplanistas e outros negacionistas)  e em muitas outras colhidas na Lua é extremamente ingênuo ou de deliberada má fé. A câmera fotográfica foi regulada para que a cena do primeiro plano, fortemente iluminada pela luz solar, tivesse a exposição adequada para uma boa imagem. A Terra que também tem parte da sua superfície muito iluminada pela luz solar foi registrada no plano de fundo. Caso a regulagem tivesse sido adequada para se fotografar as estrelas, todo o restante da imagem teria uma enorme superexposição, aparecendo “explodido” (esbranquiçado), semelhantemente ao que a figura 2 apresenta graças a uma edição da foto original na qual “estrelas” foram adicionadas.

Caso haja dúvidas sobre a possibilidade de fotografar estrelas em tal situação, fica o desafio para o negacionista: usando sua câmera fotográfica, registrar estrelas em uma noite de céu límpido juntamente com uma pessoa no primeiro plano da foto, iluminada adequadamente por uma fonte de luz artificial.

Mais sobre o tema em Os astronautas não viram estrelas?

Vide também o artigo A “farsa da Lua” e a óptica!

“Docendo discimus.” (Sêneca)


8 comentários em “A ausência das estrelas nas fotos dos astronautas.

  1. Leandro A Thesing disse:

    Prezado Prof. Lang
    Não seria o momento de a UFRGS / Instituto de Física criar um evento (congresso?) no qual cientistas e terraplanistas pudessem expor seus argumentos e debater? Colocá-los frente a frente. Acho que público não faltaria, de ambos os lados.
    Outro evento interessante seria criacionismo (lembro que lá por 2001 um professor comentou que queriam implementar o ensino do criacionismo em escolas dos Estados Unidos; 20 anos depois e está chegando ao Brasil!) x teoria da evolução (talvez organização a cargo da Biologia…).
    Ambos os temas foram abordados na UFSM em 2001: O Método Científico e Fronteiras do Conhecimento (Profs. Ronaldo Mota, Renato Zamora Flores (UFRGS), Lenira Sepel e Élgion Loreto), do qual resultou a publicação de um livro: https://www.cesma.com.br/loja/produto/220/

  2. Luiz Fernando Da Silva disse:

    Ótimo

  3. Marcos disse:

    Um fato interessante, e que maioria das pessoas e talvez vocês também não saibam é que a NASA não possui mais os originais gravados do homem na lua, eles gravaram tudo por cima e perderam o VHS original
    é muito extranho perder essa gravação sendo ela o fato a mais importante da humanidade, e não terem feito uma copia se quer de backup.

  4. Ailton disse:

    Não tenho muita informação sobre as hilárias teorias de que a ida à Lua foi uma farsa, mas me intriga o tamanho da Terra vista da Lua – eu imaginava que ela apareceria bem maior, visto que a distância é a mesma e que a Terra é significativamente maior que a Lua.
    Não?

Acrescente um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *