X

Categoria: Eletrostática

Uso do termo “voltagem”

Olá, professores. Tudo certo? Uma dúvida bem rápida. É comum encontrar em livros de física o termo “voltagem” para designar Diferença de Potencial Elétrico. Porém, muitos reclamam do uso do termo, alegando ser apenas corriqueiro. No documento do SI do Inmetro, aparece apenas o termo “Diferença de Potencial Elétrico”. Nem “Tensão elétrica” aparece. Afinal, é […] Ler mais»

Fluxo elétrico e a Lei de Gauss

Como explicar ?? Suponha duas cargas de mesmo módulo, mas de sinais opostos, dentro de uma superfície gaussiana. Pela lei o fluxo de campo elétrico na superfície é zero. Agora coloque uma carga qualquer (vamos supor uma carga Q positiva) próxima a superfície gaussiana (do lado externo). Pela lei de Gauss, novamente o fluxo de […] Ler mais»

Energia eletrostática pode ser o futuro da energia sustentável?

Olá me chamo Muriel tenho 26 anos estudo biologia na universidade paulistana na cidade universitária sp. Durante um trabalho sobre energia e sustentabilidade surgiu uma ideia e varias duvidas. A ideia surgiu a partir de uma visita a uma fabrica de isopor em um parte especifica da produção aonde fica armazenado uma grande quantidade de […] Ler mais»

Automóveis não são atingidos por raios por causa do isolamento da borracha dos pneus?

O título desse video é "Raio atinge um carro em movimento" - youtube.com. Não sou adepto a teoria da conspiração, mas raio não cai em carros por conta das rodas de borracha, pelo que eu saiba. Elas também funcionam como isolante. Tanto é que o local mais seguro numa tempestade é dentro do carro. Com […] Ler mais»

A razão do “esquecimento” do campo externo aos condutores com corrente elétrica

Olá, professor! Fiquei com uma dúvida bem chatinha e espero que me ajude. Por qual motivo não se estuda o campo elétrico externo aos circuitos? Por exemplo, em um resistor há um acumulo de cargas o que resulta em um campo elétrico externo. Seria desprezível a ação desse campo elétrico? Por que? Ler mais»

Sobre equilíbrio eletrostático: por que o potencial elétrico é constante?

Professor uma pergunta, não sei se fácil, mas: Por que quando dois corpos de dimensões diferentes entram em equilibrio eletrostático podemos dizer que seus potenciais são iguais ? Tentei deduzir de alguma forma uma equação que me provasse isso mas até agora não consigo assim entender o porque de no equilibrio os potenciais serem iguais Ler mais»

Descarga elétrica através do ar NÃO é consequente do arrancamento de elétrons dos eletrodos!

Professor: No seu vídeo - Demonstrações de Eletrostática - o senhor disse que as descargas elétricas através do ar não são consequentes do arrancamento de elétrons dos condutores metálicos entre os quais acontecem. Gostaria de saber mais sobre isto pois já encontrei explicações que afirmam que o elétrons são arrancados dos metais e por isto […] Ler mais»

O risco da alta tensão em Geradores Eletrostáticos

Prof. Lang, por que as altíssimas tensões elétricas produzidas por geradores de tensão eletrostáticos, como Van de Graaff, não são tão perigosas para o ser humano quanto a voltagem bem mais baixa da rede elétrica ou de capacitores grandes carregados? Como podemos modelar a corrente elétrica produzida por esses aparelhos? Ler mais»

Dúvida sobre descarga em eletrostática e em tensão alternada

Boa tarde, prof. Vi vária postagens sobre o assunto no CREF, mas nenhuma sanou minha dúvida. Vejamos: Em eletrostática, se um corpo eletricamente carregado entra em contato com outro eletricamente neutro, haverá corrente elétrica no sentido de igualar as cargas. Ou seja, há uma diferença de potencial entre os corpos. Como exemplo, podemos citar uma […] Ler mais»

Carregando dois corpos com cargas de sinais contrários a partir de um terceiro corpo eletrizado

Professor Lang, sobre a eletrização por indução dos livros que tenho a disposição o único que explica o processo da indução do ponto de vista do potencial elétrico é o tópicos de física 3. Gostaria de saber sobre a seguinte situação: imagine duas esferas neutras e metálicas e um bastão carregado positivamente, seria possível fazer […] Ler mais»

1 2 3 5