Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Dissertação de Mestrado: Um estudo sobre a transposição de atividades centradas na modelagem didático-científica em um contexto de formação de professores de Física (Charles Xavier Rabelo)

12 de abril:14:00

Data: 12/4/2019
Local: Sala 302 -Videoconferência- Prédio 43176- IF/UFRGS
Hora: 14h00min
Ministrante: Charles Xavier Rabelo
Orientação: Dr. Leonardo Albuquerque Heidemann e Dr. Ives Solano Araujo
Banca examinadora: Dra. Eliane Angela Veit (PPGEnFís/UFRGS), Dr. Pedro Fernando Teixeira Dorneles (UNIPAMPA), Dr. Leonardo Gregory Brunnet (IF/UFRGS), Dr. Leonardo Albuquerque Heidmann (PPGEnFís/UFRGS), Presidente

Resumo:
A literatura da área de ensino de Física vem apontando críticas às atividades experimentais tradicionalmente desenvolvidas nos laboratórios didáticos há bastante tempo. Diversas metodologias foram desenvolvidas para que tais atividades sejam melhor fundamentadas teórico e epistemologicamente. Poucos estudos, no entanto, investigam como tais metodologias são transpostas para as salas de aulas quando licenciandos buscam implementá-las em aulas de Física. Inserida nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo investigar o processo de transposição didática de uma metodologia de ensino para atividades experimentais para a Educação Básica. Em particular, analisamos a transposição da metodologia de Episódios de Modelagem, cujo âmago está na promoção de situações aos estudantes que envolvam, em algum nível, a construção, o uso e a validação de modelos científicos. Pretende-se, assim, contribuir para a construção de uma alternativa para tornar as atividades experimentais de Física nas escolas mais investigativas, promovendo uma aproximação dos estudantes com o conhecimento científico por meio de uma postura ativa na construção de argumentos baseados em modelos científicos. Buscamos responder a seguinte questão geral de pesquisa: Como licenciandos em Física transpõem a metodologia de Episódios de Modelagem para o Ensino Médio? Para tanto, realizamos um estudo de caso exploratório, na perspectiva de Robert Yin, com estudantes de licenciatura de uma disciplina de graduação sobre a experimentação no ensino de Física. Adotando a Teoria Antropológica do Didático de Yves Chevallard (1999) como referencial teórico: i. identificamos as tarefas e técnicas que os licenciandos participantes planejam para seus alunos e implementam quando conduzem Episódios de Modelagem na Educação Básica, assim como os discursos racionais (tecnologias e teorias) mobilizados por eles quando justificam e/ou geram tais tarefas e técnicas; ii. comparamos o planejamento da atividade com a implementação realizada pelos licenciandos com estudantes da Educação Básica; e iii. analisamos o planejamento e a implementação da atividade sob a perspectiva da fundamentação teórica que pauta a metodologia de Episódios de Modelagem. Como resultado, destaca-se que elementos centrais da fundamentação teórica da metodologia de Episódios de Modelagem, como o enfoque na modelagem científica, não repercutiram no planejamento e na implementação das atividades. Identificou-se, no entanto, atenção dos licenciandos com: i. a problematização das atividades, propiciando que os estudantes dessem sentido à investigação realizada; ii. a correspondência entre as etapas da atividade realizada e as preconizadas na metodologia de Episódios de Modelagem; e iii. a legitimação das suas ações, buscando a aprovação dos estudantes da
Educação Básica.

Palavras-chave: Episódios de Modelagem, Formação de Professores, Teoria Antropológica do Didático.

Detalhes

Data:
12 de abril
Hora:
14:00
Categoria de Evento:

Local

Sala de Videoconferência do IF/UFRGS
Porto Alegre, RS Brasil