Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Dissertação de Mestrado: Modos de discurso usados por licenciandos em Física da UFRGS em questões sociocientíficas (Daniel Batista de Freitas)

20 de fevereiro:09:00

Data: 20/2/2019
Local: Sala 302 -Videoconferência- Prédio 43176- IF/UFRGS
Hora: 09h00min
Ministrante: Daniel Batista de Freitas
Orientação: Dr. Alexsandro Pereira de Pereira
Banca examinadora: Dr. Leonardo Albuquerque Heidemann (PPGEnFís/UFRGS), Dr. Magno ValérioTrindade Machado (IF/UFRGS), Dr. Paulo Vinicius dos Santos Rebeque (IFRS), Dr. Cláudio José de Holanda Cavalcanti (PPGEnFís/UFRGS), Presidente.

Resumo:
Esta dissertação tem como pano de fundo o discurso dos movimentos Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) difundidos no Brasil. Por meio da realização de dois grupos focais, procurou-se evidenciar quais modos de discurso que alguns estudantes (de final de curso)do Curso de Licenciatura em Física da UFRGS laçam mão quando abordam questões sociocientíficas socioculturalmente referenciadas no contexto brasileiro de desenvolvimento da Ciência e Tecnologia. O dispositivo de análise em modos de discurso foi inspirado no trabalho de James V. Wertsch (1987), o qual é uma construção que classifica uma dada posição discursiva com base em duas dimensões, quais sejam, escopo de identificação (universal – particularista) e forma de legitimação (contextualizada – descontextualizada), que geram um quadro interpretativo das posições assumidas pelos indivíduos no debate. Os objetivos foram de identificar quais as posturas prováveis de serem mais assumidas durante os debates propostos e quais vozes eram evocadas para “povoar” o discurso, com especial atenção para se seriam evocadas vozes de um único movimento CTS ou de mais de um. Os temas levados para os debates foram: “a participação do Brasil no CERN”, que abordava o processo de associação formal do país com essa instituição, e “o Projeto Gráviton”, que abordava o desenvolvimento de um projeto brasileiro que buscou se inserir na disputa mundial pela detecção da previsão teórica das ondas gravitacionais. O resultado obtido foi que o modo de discurso mais provável de ser assumido é aquele em que o sujeito assume um escopo de identificação particularista e usa uma forma de legitimação contextualizada. E que as vozes do CTS foram pouco evocadas em comparação com outras, como por exemplo, da própria experiência do estudante.

Palavras-chave: Modos de discurso. Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). Abordagem sociocultural. Licenciandos em Física.

Detalhes

Data:
20 de fevereiro
Hora:
09:00
Categoria de Evento:

Local

Sala 302 -Videoconferência- Prédio 43176- IF/UFRGS