ETNOSABERES SOBRE PEIXES POR PESCADORES E PROFESSORES DA PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO DO ALTO RIO PARANÁ

Poliana Barbosa da Riva, Ana Tiyomi Obara, Harumi Irene Suzuki

Resumo


A pesquisa teve como objetivo investigar os saberes etnoictiológicos dos pescadores da região do alto rio Paraná, bem como analisar como os professores das escolas da região promovem o diálogo entre o saber popular e o científico com seus alunos. O saber popular dos pescadores sobre os peixes foi obtido mediante entrevistas pessoais. Foi desenvolvida, ainda, uma oficina pedagógica e aplicado questionário aos professores, visando identificar as concepções e práticas pedagógicas dos mesmos sobre o tema em questão. Os dados transcritos foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. Os resultados indicam que os pescadores apresentam saberes etnoictiológicos da região, os quais devem ser considerados nos projetos de educação ambiental e gestão dos recursos naturais locais. Em relação aos professores, observou-se que estes possuíam limitações iniciais para se trabalhar o diálogo dos saberes em suas aulas, entretanto estas foram problematizadas e refletidas durante a oficina. 


Palavras-chave


educação básica; saber popular; pescadores; diálogo dos saberes

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License