PESQUISA PARTICIPANTE COMO ABORDAGEM METODOLÓGICA NO ENSINO APRENDIZADO DE MATEMÁTICA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Alexandre da Silva Cunha, Rose Mary Latini

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir o tema ambiental Água ligado ao cotidiano do aluno e transversalizado ao ensino de matemática. Os conteúdos de matemática foram introduzidos a partir de um contexto que tem a Água como tema gerador e, a realidade concreta dos alunos, como germinadora de situações-problema, promovendo-os assim a sujeitos e pesquisadores do processo ensino-aprendizagem junto ao professor. Baseada nos fundamentos filosóficos da pedagogia dePaulo Freireesta prática pedagógica, diferenciada da ‘bancária’, caracteriza a pesquisa como participante, sendo os dados aqui, fatos e falas que foram surgindo durante a prática, analisados de forma qualitativa. A pesquisa teve como cenário uma escola da rede pública de ensino da cidade do Rio de Janeiro, localizada na periferia do Complexo da Maré e foi trabalhada junto a alunos de uma turma de 9º ano. Os resultados apontam a prática adotada como facilitadora do aprendizado significativo dos conteúdos de matemática trabalhados, além de uma ampliação acerca do conceito de Água, promovida pela superação da consciência ingênua sobre o tema, em direção a um processo de conscientização, alicerçado por bases que integram aspectos sociais, políticos, econômicos e culturais.


Palavras-chave


ensino de ciências; ensino de matemática; educação ambiental crítica; pesquisa participante

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License