VISÕES DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA ENTRE LICENCIANDOS EM FÍSICA QUANDO UTILIZAM A ROBÓTICA EDUCACIONAL: UM ESTUDO DE CASO

João Paulo da Silva Santos, Alexandro Cardoso Tenório, Michael Lee Sundheimer

Resumo


O presente trabalho teve o objetivo de analisar visões de ciência e tecnologia de licenciandos em Física da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), quando utilizam a robótica educacional. As atividades investigativas foram realizadas no Centro de Graduação das Exatas e da Natureza (CEGEN), em uma turma de sétimo período do curso de Licenciatura Plena em Física e contou com a participação de oito estudantes matriculados no sétimo período. Como metodologia para essa investigação foi utilizada a Teoria dos Construtos Pessoais (TCP), mais precisamente o Ciclo da Experiência de Kelly (CEK) composta por cinco etapas: A antecipação, o investimento, o encontro, a confirmação ou refutação e a revisão construtiva. Esse ciclo foi utilizado como ferramenta metodológica com o objetivo de identificar as visões de ciência e tecnologia antes (pré-teste) e após (pós-teste) o contato dos estudantes com a robótica educacional (evento). Foram utilizados como instrumentos de coleta de dados roteiro de entrevistas, gravações das mesmas e materiais elaborados pelos estudantes. Após a análise dos instrumentos de coleta de dados foram identificados os construtos apresentados pelos alunos. De oito estudantes que fizeram parte da pesquisa, sete deles tiveram pelo menos um de seus construtos alterados no fim do ciclo. Logo, houve evolução em pelo menos um dos construtos em 87,5% da amostra. A partir daí no pré-teste, foram apontadas algumas visões de ciência e tecnologia presentes nas falas dos estudantes, apresentando maior indicação, as visões descontextualizadas de ciência e tecnologia. No pós-teste, houve evolução das mesmas e os alunos apresentaram maior tendência para as visões menos tradicionais e mais contemporâneas de ciência e tecnologia.

Palavras-chave


Ciência; Tecnologia; Ciclo de Kelly; Construto; Robótica educacional

Texto completo:

PDF

Referências


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Educação de Pernambuco. (2014). Projeto de robótica nas escolas é sucesso na 3ª edição da Campus Party Recife. Recuperado de: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/?pag=1&cat=18&art=1965

Barros, M. A., & Bastos, H. F. B. N. (2007). Investigando o uso do ciclo da experiência Kellyana na compreensão do conceito de difração de elétrons. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 24(1), 27-49. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/1549/12757

Bauer, M.W., & GaskelL, G. (2007). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: Um manual prático (2a.ed). (Guareschi, P. A, trad.). Petrópolis, RJ: Vozes. (Obra original publicada em 2000).

Behrens, M. A. (2005). O Paradigma Emergente e a Prática Pedagógica. Petrópolis: Vozes.

Borges, A. T. Novos rumos para o laboratório escolar de ciências (2002). Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 19(3), 291-313. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6607/609

Cachapuz, A., Gil-Pérez, D., Carvalho, A.P., & Praia, J.,Vilches, A. (2011). A necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo: Cortez.

Carvalho, A. M. P., Ricardo, E. C., Sasseron, L. H., Abib, M. L. V.S., & Pietrocola, M. (2010). Ensino de Física. Coleção Ideias em Ação. São Paulo: Cengagé Learning.

Carvalho, A. M. P., & Gil-Pérez, D. (2011). Formação de professores de ciências: tendências e inovações. 28(10). São Paulo: Cortez.

Castro, V. G. (2008). RoboEduc: Especificação de um software educacional para o ensino de robótica às crianças como uma ferramenta de inclusão digital (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal). Recuperado de ftp://ftp.ufrn.br/pub/biblioteca/ext/bdtd/VivianeGC.pdf

Curcio, C. P. C. (2008). Proposta de método de robótica educacional de baixo custo (Dissertação de mestrado, Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento - LACTEC, Curitiba, Paraná). Recuperado de http://sistemas.institutoslactec.org.br/mestrado/dissertacoes/arquivos/christinacurcio.pdf

Cloninger, C. S. (1999). Teorias da Personalidade. São Paulo: Martins Fontes.

Delizoicov, D., Angotti, J. A., & Pernambuco, M. M. (2002). Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez.

Diniz, R., & Santos, M. (2014). A Utilização da Robótica Educacional LEGO® nas aulas de Física do 1º ano do ensino médio e suas contribuições na aprendizagem. Anais do Congreso Iberoamericano de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación, Buenos Aires, Argentina. Recuperado de www.oei.es/historico/congreso2014/memoriactei/1237.pdf

Ferreira, N. O. (2003). Utilizando o ciclo da experiência de Kelly para investigar a compreensão do comportamento dual da luz (Dissertação de mestrado, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife). Recuperado de http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:Lhp_G67n2HMJ:www.tede2.ufrpe.br:8080/tede/handle/tede2/5946+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

Frangou, S., Papanikolaou, K., Arcovecchia, L.,Montel.L., Ionita.S., Arlegui, J., Pina, A., Menegotti, E., Moro, M., Fava, N.,Monfalcon, S., & Pagello, I. (2008). Representative examples of implementing educational robotics in school based on the constructivist approach. In Workshop Proceedings of SIMPAR.Venice, Italia. Recuperado de https://www.researchgate.net/publication/228962987_Representative_examples_of_implementing_educational_robotics_in_school_based_on_the_constructivist_approach

Kelly, G. A. Theory of Personality - The psychology of personal constructs. (1963). New York: Norton.

Lima, K. S. (2008) compreendendo as concepções de avaliação de professores de Física através da Teoria dos Construtos Pessoais (Dissertação de mestrado, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife). Recuperado de http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede/handle/tede2/5911

Martins, A. O que é robótica. (2006). Editora Brasiliense. São Paulo: SP.

Miranda, L. C. (2006). RoboFácil: especificação e implementação de artefatos de hardware e software de baixo custo para um kit de robótica educacional (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro). Recuperado de

http://www.nce.ufrj.br/ginape/publicacoes/dissertacoes/d_2006/d_2006_leonardo_cunha_de_miranda.pdf

Morelato, L. A., Nascimento, R. A. O., D’abreu, J. V. V., & Borges, M. A. F. (2010). Avaliando diferentes possibilidades de uso da robótica na educação. REnCiMa. 1(2), 80-96. Recuperado de http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/viewFile/11/9

Nardi, R. Pesquisas em Ensino de Física. (2004). São Paulo: Escrituras Editora.

Pérez, G., Montoro, I. F., Alís, J. C., Cachapuz, A., & Praia, J. (2001). Para uma imagem não deformada do trabalho científico. São Paulo, Ciência & Educação, 7(2). 125-153. DOI: 10.1590/S1516-73132001000200001

Pio, J. L. de S., Castro, T.H.C., & Júnior, A.N.C. A Robótica Móvel como Instrumento de Apoio a Aprendizagem de Computação. (2006). In: Simpósio Brasileiro De Informática Na Educação, XVII. Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Brasília, Goiás. Recuperado de http://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/download/510/496

Pinto, M. C. (2011). Aplicação de arquitetura pedagógica em curso de robótica educacional com hardware livre (Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro). Recuperado de http://www.nce.ufrj.br/ginape/publicacoes/dissertacoes/d_2011/d_2011_marcos_de_castro.pdf

Pozo, J. I., & Crespo, M. A. G. (2009). A aprendizagem e o Ensino de Ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. Porto Alegre: Artmed.

Rabelo, A. P. S. (2016). Robótica educacional no ensino de Física (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Goiás, Catalão). Recuperado de https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5633

Rezende, F., & Ostermann, F. (2005). A prática do professor e a pesquisa em ensino de física: novos elementos para repensar essa relação. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. 22(3), 316-337. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6374/5900

Rocha, J. A. (2006). Investigando a Aprendizagem da Resolução de Problemas Combinatórios em Licenciandos em Matemática (Dissertação de mestrado, Recife). Recuperado de http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede/handle/tede2/5889

Rocha L. G. A. (2005). Revisão construtiva na concepção de movimento retilíneo uniforme, da aristotélica para a galilaica (Dissertação de mestrado, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife). Recuperado de http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede/handle/tede2/5913

Sanmartín, J. (1990). Tecnología y Futuro Humano. Barcelona: Anthropos.

Schivani, M. (2014). Contextualização no ensino de física à luz da teoria antropológica do didático: o caso da robótica educacional (Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo). DOI: 10.11606/T.48.2014.tde-01122014-104322

Veraszto, E. V., Silva, D., Miranda, N. A., & Simon; F. O. (2008). Tecnologia: Buscando uma definição para o conceito. Revista de produção on line. (7). 60-85. Recuperado de http://ojs.letras.up.pt/ojs/index.php/prismacom/article/viewFile/2078/1913




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2018v23n1p32

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License