SITUAÇÕES-LIMITE NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS NA PERSPECTIVA FREIREANA: DA PERCEPÇÃO DA REALIDADE À DIMENSÃO PEDAGÓGICA

Roger Magalhães da Silva, Ana Paula Solino, Polliane Santos de Sousa, Kamila Nunes Fonseca, Edcleide da Silva Pereira Novais, Simoni Tormöhlen Gehlen

Resumo


Algumas pesquisas na área de educação em ciências têm discutido aspectos relacionados a situações-limite, que na perspectiva freireana são entendidas como situações de injustiça social vivenciadas por sujeitos que as compreendem de maneira acrítica e fatalista. Considerando a importância de analisar situações-limite de professores no contexto da abordagem de Temas Geradores, este estudo investiga a manifestação de situações-limite de professores de ciências do Ensino Fundamental II, do município de Pau Brasil/BA, durante um processo formativo, pautado em adaptações da Investigação Temática, para obter o Tema Gerador “O perigo do Rio Água Preta em Pau Brasil-BA” e planejar atividades didático-pedagógicas para a disciplina de ciências. As situações-limite dos professores foram analisadas via Análise Textual Discursiva e organizadas em categorias analíticas estabelecidas à priori, quais sejam: situações-limite acerca da percepção da realidade, por meio da qual buscou-se a compreensão dos professores sobre problemas sociais locais, e situações-limite numa dimensão pedagógica, na qual utilizou-se os obstáculos gnosiológicos, estruturados por Alves e Silva (2015), para analisar as situações-limite que professores apresentaram sobre aspectos que perpassam o processo educativo. Dentre os resultados, sinaliza-se que o processo de Investigação Temática possibilitou a problematização das compreensões dos professores acerca da realidade e da própria prática pedagógica, o que contribuiu para a superação de algumas situações-limite desses profissionais. Nessa perspectiva, considera-se que é possível estreitar a relação universidade-escola, na promoção de processos formativos delineados especificamente para potencializar a superação das situações-limite apresentadas por professores.

Palavras-chave


Situações-limite; Obstáculos Gnosiológicos; Abordagem Temática Freireana; Formação de Professores; Ensino de Ciências.

Texto completo:

PDF

Referências


Aires, J. A., & Lambach, M. (2010). Contextualização do ensino de Química pela problematização e alfabetização científica e tecnológica: uma possibilidade para a formação continuada de professores. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 10(1), 1-15. Recuperado de https://seer.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/2182/1582

Alves, A. H. B., & Silva, A. F. G. (2015). Manifestações de Obstáculos Gnosiológicos para a Seleção de Conteúdos na Implementação de um Currículo Crítico em Ciências Naturais. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 8(1), 181-207. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/1982-5153.2015v8n1p181/29305

Araújo, L. B. (2005). Os três momentos pedagógicos como estruturantes do currículo (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria). Recuperado de http://cascavel.ufsm.br/tede//tde_arquivos/35/TDE-2015-05-28T094513Z-6428/Publico/ARAUJO,%20LAIS%20BALDISSARELLI%20DE.pdf

Auler, D. (2002) Interações entre Ciência-Tecnologia-Sociedade no Contexto de Formação de Professores de Ciências. (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/82610

Cachapuz, A., Gil-Perez, D., & Carvalho, A.M.P. (2005). A necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo, SP, Editora: Cortez.

Caramello, G. W., Zanotello, M., & Pires, M. O. D. C. (2014). A perspectiva freireana na formação continuada de professores de física. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 7(2), 51-72. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/38215/29119

Centa, F. G., & Muenchen, C. (2016). O Despertar para uma Cultura de Participação no Trabalho com um Tema Gerador. Alexandria Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 9(1), 263-291. DOI: 10.5007/1982-5153.2016v9n1p263

Chagas, E. (2014). Ensino de Física para o curso técnico integrado em alimentos problematizado na região de Coxim (Dissertação de mestrado, Universidade Federal Mato Grosso do Sul, Campo Grande). Recuperado de http://www.ppec.ufms.br/Dissertacoes/Dissertacao_Edvanio_Chagas.pdf

Coelho, J. C. (2005). A chuva ácida na perspectiva de tema social: um estudo com professores de Química em Criciúma (SC) (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101912

Coelho, J. C. (2010). Processos Formativos na Direção da Educação Transformadora: temas-dobradiça como contribuição para abordagem temática (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103333

Delizoicov, D., Angotti, J. A., & Pernambuco, M. M. (2011). Ensino de ciências: fundamentos e métodos (4a. ed.). São Paulo, SP, Editora: Cortez.

Delizoicov, D. (1982). Concepção Problematizadora do Ensino de Ciências na Educação Formal (Dissertação de mestrado) Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Delizoicov, D. (1991). Conhecimento, tensões e transições. (Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/75757/82794.pdf?sequence=1

Freire, P. (1987). Pedagogia do oprimido (17a. ed.). [Versão digital em Adobe Reader]. Recuperado de http://lelivros.me/book/download-pedagogia-do-oprimido-paulo-freire-em-epub-mobi-e-pdf/

Freire, P. (1995). A Educação na cidade. São Paulo, SP. Editora: Cortez.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo, SP. Editora: Paz e Terra.

Furlan, A. B. S., Ricci, E. C., Gomes, C. G. S., & Silva, A. F. G. (2011). Abordagem temática no currículo de ciências: a perspectiva ético-critica na concepção de lixo como condição humana. In: Atas do VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências(ENPEC), Campinas, SP, Brasil. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/viiienpec/resumos/R0412-1.pdf

Giacomini, A. (2014). Intervenções Curriculares na perspectiva da Abordagem Temática: avanços alcançados por professores de uma escola pública estadual do RS (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria). Recuperado de http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFSM_bea7ce10ffaacc38d291cb4feb1f88f3

Gehlen, S. T., Delizoicov, D., & Maldaner, O. A. (2012). Momentos Pedagógicos e as etapas da Situação de Estudo: complementaridades e contribuições para a Educação em Ciências. Ciências e Educação,18(1), 1-22. DOI: 10.1590/S1516-73132012000100001

Halmenschlager, K. (2014). Abordagem de temas em Ciências da Natureza no Ensino Médio: implicações na prática e na formação docente (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/129627

Halmenschlager, K. R., Stuani, G. M., & Souza, C. A. (2009). A situação de estudo e a investigação temática como possibilidade de formação continuada. In: Atas do VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Florianópolis, SC, Brasil. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/viewFile/37561/28854

Lambach, M. (2013). Formação permanente de professores de química da EJA na perspectiva dialógico-problematizadora freireana (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/122825

Magalhães, R. S., & Gehlen S. T. (2016). Investigação temática na formação de professores de ciências em Pau Brasil-BA: compreensões acerca de um tema gerador. Revista Ensaio Pesquisa em Educação e Ciências: Belo Horizonte, 18(2), 147-169. DOI:10.1590/1983-21172016180207

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2011). Análise Textual Discursiva (2a. ed.). Ijuí, RS. Editora: Unijuí.

Muenchen, C. (2010). A disseminação dos três momentos pedagógicos: um estudo sobre práticas docentes na região de Santa Maria. (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/93822/280146.pdf?sequence=1

Muenchen, C., & Delizoicov, D. (2014). Os três momentos pedagógicos e o contexto de produção do livro “Física”. Revista Ciência e Educação, 20(3), 617-638. DOI: 10.1590/1516-73132014000300007

Novais, E. S. P. (2015) Contribuições da Abordagem Temática Freireana para o Ensino de Ciências de uma escola do campo de Iguaí/BA (Dissertação de mestrado, Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus). Recuperado de http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/201370017D.pdf

Pernambuco, M. M. (1993). Quando a troca se estabelece – a relação dialógica. In: Pontuschka, N. (Org.). Ousadia no diálogo – Interdisciplinaridade na escola pública. São Paulo, SP. Editora: Loyola.

Rocha, A. L. F. (2013) A possibilidade de uma abordagem crítica no ensino de zoologia: das situações-limite à práxis pedagógica (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/107394

Rodrigues, C., & Mortimer, E. F. (2010). Projeto Água em Foco e letramento científico. In Atas do XV Encontro Nacional de Ensino de Química. Brasília, DF, Brasil. Recuperado de http://www.sbq.org.br/eneq/xv/resumos/R0682-1.pdf

Santos, W. L. P., & Mortimer, E. F. (2009). Aspectos sociocientíficos em aulas de Química. Investigações em Ensino de Ciências, 14(2), 191-218. Recuperado de http://www.if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID214/v14_n2_a2009.pdf

Secretaria Municipal de Educação. (1991). Tema Gerador e a construção do programa: uma nova relação entre currículo e realidade. Cadernos de Formação. Série: Ação pedagógica na escola pela via da interdisciplinaridade. São Paulo, SP: DOT/SME.

Silva, A. F. G. (2004). A construção do currículo na perspectiva popular crítica: das falas significativas às práticas contextualizadas (Tese de doutorado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo). Recuperado de http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/escolas/quintana/tese_gouvea.pdf

Silva, R. M. (2015). A Abordagem Temática Freireana na formação de professores de Ciências sob a óptica da Teoria da Atividade (Dissertação de mestrado, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequié). Recuperado de http://www.uesb.br/ppgecfp/dissertacoes/2013/Roger_Magalhaes_2015.pdf

Solino, A. P., & Gehlen, S. T. (2014). A Conceituação Científica nas Relações Entre a Abordagem Temática Freireana e o Ensino de Ciências por Investigação. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 7(1), 75-101. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/38178/29108

Sousa, P. S., Solino, A. P., Figueiredo, P. S., & Gehlen, S. T. (2014). Investigação Temática no contexto do Ensino de Ciências: relações entre a Abordagem Temática Freireana e a Práxis Curricular via Tema Gerador. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 7(2), 155-177. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/38222/29123

Sousa, P. S., Solino, A. P., Figueiredo, P. S., & Gehlen, S. T. (2016). Tema gerador e a relação universidade-escola: percepções de professoras de ciências de uma escola pública em Ilhéus-BA. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 9(1), 3-29. DOI: 10.5007/1982-5153.2016v9n1p3

Strieder, R. B., Caramello, G. W., & Gehlen, S. T. (2012). Abordagem de Temas no Ensino Médio: compreensões de professores de Física. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, 14( 2), 153-169. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/epec/v14n2/1983-2117-epec-14-02-00153.pdf

Stuani, G. M. (2010). A construção curricular popular crítica no ensino de ciências naturais e suas implicações na prática docente (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103315

Torres, J. R. (2010). Educação Ambiental Crítico-Transformadora e Abordagem Temática Freireana (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/93568

Torres, J. R., Gehlen, S. T., Muenchen, C., Gonçalves, F. P.,

Lindemann, R. H.; & Gonçalves, F. J. F. (2008). Ressignificação curricular: contribuições da Investigação Temática e da Análise Textual Discursiva. Revista Brasileira de Pesquisa em Ensino de Ciências, 8(2). Recuperado de https://seer.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/2220/1619




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2016v21n3p127

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License