INDICADORES DE ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE AS DIFERENTES HABILIDADES QUE PODEM SER PROMOVIDAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS NOS ANOS INICIAIS

Mariana Vaitiekunas Pizarro, Jair Lopes Junior

Resumo


O presente artigo busca aprofundar a compreensão sobre o ensino de Ciências nos anos iniciais. Entendemos que as discussões propostas pela alfabetização científica podem aproximar o saber científico do cotidiano e da vida do aluno dessa faixa etária, e ao mesmo tempo valorizar os conhecimentos fundamentais em Ciências. Acreditamos que compreender os processos envolvidos na alfabetização científica pode contribuir também para a construção de saberes e a formação de professores dos anos iniciais. O objetivo deste artigo é apresentar um levantamento bibliográfico realizado com o intuito de identificar trabalhos nacionais e internacionais que discutem práticas de ensino em Ciências, que promovem o desenvolvimento de habilidades por parte dos alunos e que podem oferecer indicadores do processo de alfabetização científica. Partindo da Análise de Conteúdo como metodologia, os resultados revelam a diversidade de práticas empreendidas no ensino de Ciências em todo o mundo na busca por uma formação mais autônoma, crítica e social dos alunos e também destacam que alfabetizar cientificamente vai muito além da faixa inicial de escolaridade. Os temas explorados nesses artigos apontam para a uma agenda de preocupações sobre como aprimorar o ensino de Ciências e sobre como os estudantes se relacionam com esta área do conhecimento ao longo da escolaridade.


Palavras-chave


Ensino de Ciências; Anos iniciais do ensino fundamental; Levantamento bibliográfico; Indicadores de alfabetização científica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2016v20n1p208

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License