LINGUAGEM CIENTÍFICA VERSUS LINGUAGEM COMUM NAS RESPOSTAS ESCRITAS DE VESTIBULANDOS

Eduardo Fleury Mortimer, Alexander Nilson Chagas, Vera Tamberi Alvarenga

Resumo


Este trabalho apresenta um estudo sobre a linguagem escrita utilizada por vestibulandos em resposta a uma questão da prova aberta de química do vestibular da UFMG de 1996, buscando situar a linguagem utilizada pelos estudantes em algum ponto de um contínuo que vai da linguagem científica à linguagem comum e tentando verificar se há alguma relação entre o uso da linguagem e o desempenho na questão.

Palavras-chave


linguagem científica; linguagem comum; vestibular

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License