A RELAÇÃO ENTRE DISCURSO E PRÁTICA PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

Maria Helena Santos Silva, Maria da Conceição Duarte

Resumo


Nesta comunicação procura-se apresentar os resultados respeitantes à implementação de um modelo de formação reflexiva, levada a cabo com um grupo de professores estagiários de Biologia/Geologia, confrontando-os com os obtidos em dois outros grupos de estágio que seguiram modelos “tradicionais” de formação. Os resultados dizem respeito a dois níveis de análise das práticas: natureza do discurso utilizado pelos professores estagiários e respectivos orientadores pedagógicos nos encontros de pós-observação de aulas e actividades de ensino-aprendizagem desenvolvidas nas aulas de regência. Com base nos resultados obtidos foi possível concluir a existência de um isomorfismo quer nos tipos de discurso quer nos tipos de actividades utilizados pelos professores estagiários e respectivo orientador pedagógico. Esta conclusão reforça a importância que deve assumir a formação dos orientadores pedagógicos por parte das instituições que formam professores

Palavras-chave


professores de ciências; formação inicial; discurso e prática pedagógica

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License