OS FOCOS DA APRENDIZAGEM DOCENTE (FAD) COMO VALORES GERAIS PARA A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE BIOLOGIA

Lucken Bueno Lucas, Marinez Meneghello Passos, Sergio de Mello Arruda

Resumo


Neste artigo apresentamos uma análise de entrevistas semiestruturadas com professores e estudantes de um curso de licenciatura em ciências biológicas de uma universidade pública do norte do Paraná. A análise foi centrada na investigação dos sistemas axiológicos presentes e possivelmente interferentes no processo de formação inicial de professores de biologia, sob a perspectiva dos licenciandos, mas também dos formadores. Após um levantamento teórico da literatura que aborda a axiologia voltada à educação, foram utilizados os focos da aprendizagem docente (FAD) que ao serem adaptados (FAD’) funcionaram como eixos categóricos ou valores gerais esperados, para uma ‘boa formação docente’. A análise do fluxo valorativo das entrevistas, em perspectivas quali-
-quantitativas, mostrou a existência de um padrão de valores entre os docentes e os discentes, sugerindo, entre outras coisas, que os valores podem funcionar como indicadores da formação docente e que os sistemas axiológicos dos formadores podem alterar as relações dos estudantes com o saber, implicando no estabelecimento de perfis profissionais determinados.


Palavras-chave


Axiologia; Focos da aprendizagem docente (FAD); Formação inicial de professores de biologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2016v20n1p15

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License