REPRESENTAÇÕES SOBRE A MATEMÁTICA, SEU ENSINO E APRENDIZAGEM: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

Maria Margarida Graça, Marco Antonio Moreira, Concesa Caballero

Resumo


Este trabalho descreve um estudo exploratório, a primeira de quatro fases de um estudo mais amplo, que pretende compreender a forma de promover, num grupo de professores de Matemática, uma evolução representacional que conduza a uma prática que favoreça a aprendizagem significativa da Matemática. A metodologia deste estudo exploratório é qualitativa. A recolha de dados baseou-se no inquérito; todos os sujeitos da amostra (n=48) realizaram uma tarefa projectiva (teste de evocação hierarquizada) e responderam a um questionário individual. A análise dos dados baseou-se em categorias previamente definidas. O principal objectivo desta investigação foi identificar, caracterizar e descrever representações da Matemática, seu ensino e aprendizagem, num grupo de 48 sujeitos, de diferentes grupos sociais, de modo a se obterem indicadores para a construção de instrumentos a utilizar nas fases seguintes da investigação. Enumeram-se as principais conclusões deste estudo: (1) foram identificadas e caracterizadas representações sobre a Matemática, seu ensino e aprendizagem, relativamente às dimensões epistemológica, pedagógica, afectiva e sócio-cultural; (2) foi possível identificar limitações, dificuldades e aspectos a incluir/ alterar nos instrumentos utilizados.

Palavras-chave


representações sociais; práticas lectivas; aprendizagem significativa; Matemática

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License