UM ESTUDO SOBRE AS EMOÇÕES NO CONTEXTO DAS INTERAÇÕES SOCIAIS EM SALA DE AULA

Isabel Cristina de Castro Monteiro, Alberto Gaspar

Resumo


A busca por uma compreensão mais ampla sobre os processos interativos em sala de aula tem motivado algumas pesquisas no sentido de se entender as múltiplas e complexas variáveis que se estabelecem entre os participantes do contexto educacional de sala de aula, não apenas aquelas relacionadas à dimensão cognitiva, mas também aquelas que dizem respeito aos aspectos subjetivos e emocionais, facilitando ou criando obstáculos ao processo de ensino e de aprendizagem. Nesse sentido procuramos, a partir das indicações da teoria de Vigotski, estudar as interações sociais bem como as emoções desencadeadas nesse processo, estabelecidas por uma professora e seus alunos no contexto de aulas de Física do ensino médio, envolvendo o conceito de equilíbrio de ponto material e de corpo extenso. Os resultados mostram a necessidade de o professor estar consciente dos aspectos emocionais desencadeados na interação social com e entre seus alunos, visando sustentá-la no sentido de otimizar os recursos didáticos utilizados em sua aula.

Palavras-chave


Ensino de Física; Emoção; Interação

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License