DIFICULDADES E ALTERNATIVAS ENCONTRADAS POR LICENCIANDOS PARA O PLANEJAMENTO DE ATIVIDADES DE ENSINO DE ELETROMAGNETISMO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Eder Pires de Camargo, Roberto Nardi

Resumo


Relatamos aqui resultados parciais de um estudo que analisou o desempenho de futuros professores quando, durante o desenvolvimento de uma disciplina de Prática de Ensino de Física, foram solicitados a planejar, elaborar e ministrar, em situações reais de sala de aula, tópicos de ensino de eletromagnetismo a uma turma de estudantes, dentre os quais se incluíam alunos com deficiência visual. Os dados coletados mostram que as principais dificuldades apresentadas pelos futuros professores referem-se à abordagem do conhecer fenômenos físicos como dependente do ver e o não rompimento com alguns elementos da pedagogia tradicional. Esses resultados podem indicar algumas alternativas ao ensino de Física para alunos com deficiência visual centradas na superação de atitudes passivas relativas à problemática educacional considerada, na elaboração de estratégias metodológicas destituídas da relação conhecer/ver, bem como, no trabalho com a oralidade no contexto do ensino de Física.

Palavras-chave


Ensino de Física; Deficiência Visual; Atividades de Ensino de Eletromagnetismo; Formação de Professores de Física.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License