A SOCIALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: UM ESTUDO NUMA PERSPECTIVA DISCURSIVA

José Luis Michinel, Teresinha Fróes Burnham

Resumo


O foco deste trabalho é o estudo da socialização do conhecimento científico que tem sido produzido pela comunidade da ciência e que se busca comunicar à “comunidade ampliada”. Assumimos tal socialização como uma condição de produção de significados, numa perspectiva discursiva, cujo objetivo é não só o compartilhamento de conhecimento produzido em comunidades científicas, mas também aprofundar a compreensão sobre ações envolvidas neste processo de (in)formação e mediações e meios necessários para que informações geradas em tais comunidades se transforme em conhecimento pessoal de “indivíduos sociais” através da construção de significados relevantes à formação da cidadania. A Análise de Discurso na versão francesa, segundo Pêcheux e Orlandi, foi tomada como referente para pensar o problema, assim como caracterizá-lo teórica e metodologicamente


Palavras-chave


Socialização do conhecimento; análise de discurso; educação em ciências

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License