A VALIDAÇÃO DE ARGUMENTOS EM SALA DE AULA: UM EXEMPLO A PARTIR DA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE FÍSICA

Silvania Souza do Nascimento, Christian Plantin, Rodrigo Drumond Vieira

Resumo


Neste artigo tecemos algumas contribuições sobre os processos de ensino e aprendizagem a partir de uma análise dos procedimentos de validação de argumentos em um contexto de formação inicial de professores de física. As validações observadas colocam em evidência a dominância interativa do formador e do “bom aluno” e se constituíram como hetero-validações do tipo Se. Por fim, discutimos algumas implicações dos resultados obtidos para o gerenciamento do discurso em sala de aula, inclusive a relevância que as validações dos enunciados dos licenciandos podem ter tanto na promoção de uma situação dialógica quanto simplesmente na aniquilação de todas as contraposições de idéias.


Palavras-chave


formação de professores; processos de ensino e aprendizagem; argumentação; validação de argumentos

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License