A SOCIALIZAÇÃO DOS SABERES DOCENTES: A COMUNICAÇÃO E A FORMAÇÃO PROFISSIONAL NO CONTEXTO DO PIBID/FÍSICA

Thomas Barbosa Fejolo, Marinez Meneghello Passos, Sergio de Mello Arruda

Resumo


A investigação cujos resultados apresentamos neste artigo focalizou a comunicação entre um professor experiente e dois estudantes de licenciatura no contexto do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Os estudantes cursavam licenciatura em Física em uma Universidade pública do Estado do Paraná e o professor experiente lecionava a disciplina na Rede Estadual de Ensino. Para fins de organização e interpretação das informações obtidas foram utilizados os procedimentos metodológicos da Análise de Conteúdo. Tendo em vista a interação desta equipe buscamos pesquisar os tipos de saberes que o professor comunicou aos estudantes de licenciatura durante a atividade de supervisão. Para isso utilizamos vinte e três categorias estabelecidas a priori, provenientes da teoria de Gauthier et al. (1998). Tais categorias compõem um reservatório de saberes que cada professor mobiliza em suas ações: os saberes da gestão do conteúdo e da gestão da classe. Como resultados de pesquisa evidenciamos os saberes experienciais compartilhados pelo supervisor durante sua ação, com destaque para os tipos mais presentes em sua comunicação: Planejamento dos Conteúdos de Aprendizagem; Planejamento das Atividades de Aprendizagem; Planejamento do Ambiente Educativo e Ensino Explícito.


Palavras-chave


Saberes Docentes; PIBID; Física; Gestão da Classe; Gestão do Conteúdo

Texto completo:

PDF

Referências


Arruda, S. M., Passos, M. M., & Fregolente, A. (2012). Focos da aprendizagem docente. Alexandria, 5(3), 25-48.

Bardin, L. (2004). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições70.

Borges, C. M. F. (2004). O professor da educação básica e seus saberes profissionais. Araraquara: JM Editora.

Brasil. Ministério da Educação. (2013). Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Brasília: Capes. Recuperado de http://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_096_18jul13_AprovaRegulamentoPIBID.pdf

Carvalho, M. A. D., Arruda, S, de M. (2012). Análise da atuação de professores supervisores inseridos no contexto do PIBID. In Anais III Simpósio Nacional de Ensino de Ciências e Tecnologia. Ponta Grossa, Paraná, Brasil. Recuperado de http://www.sinect.com.br/anais2012/html/formacao%20prof.html

Charlot, B. (2000). Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: ArtMed.

Corrêa, K. R. C., & Batista, L. A. (2013). Pibid em prática: relato de experiências sob o olhar das supervisoras na escola. In Anais IV Simpósio sobre Formação de Professores; Tubarão, Santa Catarina, Brasil. Recuperado de http://linguagem.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/eventos/simfop/2013_07.htm

Fejolo, T. B. (2013) A formação do professor de Física no Contexto do PIBID: Os saberes e as relações (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, Paraná. Recuperado de http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000183056

Gauthier, C., Martineau, S., Desbiens, J. F., Malo, A., & Simard, D. (1998). Por uma Teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí.

Hemielewski, D. M. de S., & Canton, V. D. (2014). O PIBID na escola campo: o olhar do supervisor para o processo de formação docente. In Anais VI Fórum Internacional de Pedagogia. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. Recuperado de http://editorarealize.com.br/revistas/fiped/anais.php

Houaiss, A. (2007). Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva.

Lima, C. de S., & Oliveira, R. V. B. C. (2016). Perspectivas de promoção de saberes docentes e da articulação teórico-prática no âmbito do PIBID/CAPES. In Anais do III Congresso Nacional de Formação de Professores e do XIII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores. Águas de Lindóia, São Paulo, Brasil. Recuperado de http://unesp.br/anaiscongressoeducadores/EdicaoAtual

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2007). Análise textual discursiva. Ijuí: Unijuí.

Moraes, R. (1999). Análise de conteúdo. Revista Educação, 22 (7), 15-32.

Signorelli, G., & Oliveira, S. M. D. (2013). O papel do supervisor do PIBID na integração Universidade-Escola. Acta Científica, 22(2), 27-40.

Tardif, M., & Gauthier, C. (2001). O professor como “ator racional” que racionalidade, que saber, que julgamento? In Paguay, L., Perrenoud, P., Marguerite, A., & Charlier, É. Formando professores profissionais: Quais estratégias? Quais competências? Porto Alegre: Artmed.

Tardif, M. (2000). Saberes Profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Revista Brasileira de Educação, 13, 5-24.

Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes.




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2017v22n1p103

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License