LEITURA DE TEXTOS DE CIÊNCIAS DE DIFERENTES GÊNEROS: UM OLHAR COGNITIVO-PROCESSUAL

Rogério Gonçalves Nigro, Silvia L. F. Trivelato

Resumo


Neste trabalho avaliamos a compreensão leitora de duas amostras de estudantes de 14-15 anos, cada uma delas aleatoriamente designada a ler um texto de ciências de um determinado gênero (divulgação científica ou livro texto). Os textos lidos tratavam do mesmo assunto: a doença genética anemia falciforme. Nos testes de conhecimento e de aplicação realizados, verificamos que leitores do material de divulgação científica obtiveram melhores pontuações do que os seus pares que leram o trecho de livro texto. Além disso, as meninas obtiveram resultados superiores aos meninos. Estes dados sugerem que, para a amostra de leitores sujeito desse trabalho, o processamento leitor pode se dar de maneira diferenciada em função do gênero de texto, do sexo dos estudantes, ou de uma interação entre ambos. Sugerimos que estes fatores sejam seriamente levados em consideração e objeto de investigações futuras, as quais abordem o tema leitura na educação em ciências sob um ponto de vista cognitivo-processual.

Palavras-chave


leitura; textos; gênero; livro texto; divulgação científica.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License