FORMULAÇÃO DE QUESTÕES E MEDIAÇÃO DA LEITURA

Helder de Figueiredo e Paula, Maria Emilia Caixeta de Castro Lima

Resumo


A formação de sujeitos leitores e produtores de texto não é responsabilidade exclusiva dos professores da língua materna. Cientes desse compromisso, e na condição de professores e pesquisadores na área de educação em ciências, nós nos sentimos desafiados a ampliar as formas de mediação usadas por professores de ciências em atividades de leitura em sala de aula. Neste artigo apresentamos uma análise de uma dessas mediações utilizada com alunos do Curso de Licenciatura do Campo (LeCampo), turma de 2008, oferecido pela UFMG, em duas habilitações: Línguas Artes e Literatura (LAL); Ciências da Vida e da Natureza (CVN). Explicitamos aqui nossas concepções de linguagem, de leitura, de ciências e de ensino de ciências. A partir delas avaliamos e caracterizamos a atividade de ensino que deu origem a esta pesquisa. Nossos dados emergiram da análise da produção escrita dos alunos. Tal análise nos permitiu responder às seguintes questões: (i) quais as características das questões formuladas por esses sujeitos para mediar a leitura de textos didáticos de ciências? (ii) que demandas essas questões apresentam a quem irá respondê-las? (iii) o que essas questões revelam sobre a concepção dos sujeitos de nossa pesquisa acerca dos papéis de professores e alunos na atividade de leitura de textos didáticos de ciências? A produção dos estudantes revelou uma concepção limitada da atividade de leitura, o que reforça a necessidade de que uma atenção especial seja dada ao problema da mediação da leitura em sala de aula por parte dos cursos de formação inicial e continuada de professores.

Palavras-chave


Concepção de linguagem em Bakhtin; Mediação da leitura; Natureza das ciências; Educação em Ciências.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License