O CÁLCULO NAS AULAS DE FÍSICA DA UFRGS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

Maria Cecilia Pereira Santarosa, Marco Antonio Moreira

Resumo


Este estudo é parte de um trabalho mais amplo cujo objetivo geral é investigar e desenvolver uma nova estratégia de ensino do Cálculo Diferencial e Integral I, específica para os alunos de graduação em Física, através de uma possível integração com o ensino da Física Geral e Experimental I. Com o objetivo específico de identificar situações-problema da Física que possam dar sentido aos conceitos matemáticos desenvolvidos no Cálculo I e de linguagens e notações que possam ser adotadas no ensino do Cálculo para favorecer o aprendizado da Física investigou-se, através de um estudo do tipo etnográfico, a forma como a Matemática é transposta nas aulas de Física Geral e Experimental I, em turmas dos Cursos de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Ao longo da investigação foram identificados problemas que corroboram aqueles apontados na literatura com relação ao processo de ensino e aprendizagem nas disciplinas introdutórias dos Cursos de Física. Os resultados obtidos deverão subsidiar a elaboração de um material instrucional potencialmente significativo, a ser adotado numa fase posterior da pesquisa, onde será investigada a aprendizagem de conhecimentos declarativos e procedimentais em Física Básica Universitária a partir de um ensino que integra situações-problema da Física e conceitos matemáticos do Cálculo.

Palavras-chave


Cálculo Diferencial e Integral I; Física Geral e Experimental I; situações-problema; conceitos; linguagens e notações matemáticas; etnografia de sala de aula; UFRGS

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License