AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO OPÇÃO PARA ABORDAR A HISTÓRIA E FILOSOFIA DA CIÊNCIA NO ENSINO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS: O CASO DO LÍTIO

Mônica Regina Vieira Leite, Beatriz Salemme Corrêa Cortela, Sandra Regina Teodoro Gatti

Resumo


Fruto de um estudo piloto que buscou inserir a História e Filosofia da Ciência (HFC) no ensino de Química em nível médio por meio das Histórias em Quadrinhos (HQs), esse artigo, visando o aperfeiçoamento metodológico de uma pesquisa maior, tem por objetivo analisar a adequação do instrumento de constituição dos dados e o processo de análise dos mesmos, bem como o potencial de uma HQ elaborada para realizar uma abordagem histórico-filosófica e proporcionar um aprimoramento das noções referentes aos elementos químicos e ao processo científico. Analisados por meio da Análise de Conteúdo, os resultados obtidos por meio de questionários indicam que esse tipo de material e abordagem são capazes de aprimorar tais noções. Porém, o estudo revelou não somente as potencialidades da estratégia metodológica pensada, mas também suas limitações, que puderam ser aperfeiçoadas na pesquisa final, as quais incluem: uma maior contextualização das perguntas e mediação por parte da pesquisadora, podendo ser feita por meio de rodas de conversa e observação participante, além do reforço de algumas ideias ao longo da HQ.


Palavras-chave


Histórias em Quadrinhos; História e Filosofia da Ciência; ensino de Química; estudo piloto

Texto completo:

PDF

Referências


Al-Balushi, S. M. (2013). The Effect of Different Textual Narrations on Students’ Explanations at the Submicroscopic Level in Chemistry. Eurasia Journal of Mathematics, Science & Technology Education, 9 (1), 3-10. http://dx.doi.org/10.12973/eurasia.2013.911a

Alfonso-Goldfarb, A. M. (1994). O que é história da ciência. São Paulo, SP: Brasiliense.

Atkins, P. (2012). Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. (5a ed.). Porto Alegre, RS: Bookman.

Bailer, C., Tomitch, L. M. B., & D’Ely, R. C. S. F. (2011). Planejamento como processo dinâmico: a importância do estudo piloto para uma pesquisa experimental em linguística aplicada. Revista Intercâmbio, 24, 129-146. Recuperado de https://revistas.pucsp.br/index.php/intercambio/article/view/10118/7606

Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo. São Paulo, SP: Edições 70.

Bastos, F. (1998a). História da Ciência e pesquisa em ensino de ciências: breves considerações. In R. Nardi (Org.), Questões Atuais no Ensino de Ciências (pp. 43-52). São Paulo, SP: Escrituras.

Bastos, F. (1998b). O ensino de conteúdos de História e filosofia da Ciência. Revista Ciência & Educação, 5 (1), 55-72. Recuperado de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-73131998000100006

Beltran, M. H. R., Saito, F., & Trindade, L. dos S. P. (2014). Historiografia da História da Ciência. In M. H. R. Beltran, F. Saito, & L. dos S. P. Trindade (Orgs.), História da Ciência para formação de Professores (pp. 31-47). São Paulo, SP: Livraria da Física.

Callegario, L. J., Rodrigues Junior, E., Luna, F. J., & Malaquias, I. (2017). As imagens científicas como estratégias para a integração da História da Ciência no Ensino de Ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 17(3), 835-852. https://doi.org/10.28976/1984-2686rbpec2017173835

Carvalho, L. S. (2010). Quadrinhos nas aulas de ciências: narrando uma história de formação continuada. (Dissertação de mestrado em Educação). Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Nata, RN. Recuperado de https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/14443/2/LeticiaSC_DISSERT.pdf

Carvalho, L. S., & Martins, A. F. P. (2009). História da Ciência na formação de professores das séries iniciais: uma proposta com quadrinhos. In Anais do 7º Encontro Nacional de Pesquisas em EducaçãoeEm Ciências. Florianópolis, SC. Recuperado de http://www.fep.if.usp.br/~profis/arquivos/viienpec/VII%20ENPEC%20-%202009/www.foco.fae.ufmg.br/cd/pdfs/455.pdf

Castro, R. S. (2016). Investigando as contribuições da Epistemologia e da História da ciência no ensino das Ciências: de volta ao passado. In S. R. T. Gatti, & R. Nardi (Orgs.), A História e a Filosofia da Ciência no Ensino de Ciências: A pesquisa e suas contribuições para a prática pedagógica em sala de aula (pp. 29-52). São Paulo, SP: Escrituras.

Chizzotti, A. (2003). Pesquisa em ciências humanas e sociais. (6a ed.). São Paulo, SP: Cortez.

Fernandes, M. A. M. (2011). A abordagem da tabela periódica na formação inicial de professores de Química. (Dissertação de Mestrado em Educação para a Ciência). Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Bauru. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/90972

Fernández, I., Gil, D., Carrascosa, J., Cachapuz, A., & Praia, J. (2002). Visiones deformadas de la ciencia transmitidas por la enseñanza. Enseñanza de las Ciencias, 20(3), 477-488. Recuperado de https://raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/21841

Flôr, C. C. (2008). História da Ciência na Educação Química: Síntese de elementos transurânicos e extensão da Tabela Periódica. In Anais do 14º Encontro Nacional de Ensino de Química, Curitiba, PR. Recuperado de http://www.quimica.ufpr.br/eduquim/eneq2008/resumos/R0590-1.pdf

Gil-Pérez, D. (1993). Contribución de la historia y de la filosofía de las ciencias al desarrollo de un modelo de enseñanza/aprendizaje como investigación. Enseñanza de las Ciencias, 11(2), 197-212. Recuperado de https://www.raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/21204

Goergen, P. (2014). Tecnociência, pensamento e formação na Educação Superior. Avaliação, 19 (3), 561-584. https://doi.org/10.1590/S1414-40772014000300003

Hidalgo, M. R., & Lorencini Junior, A. (2016). Reflexões sobre a inserção da História e Filosofia da Ciência no Ensino de Ciências. História da Ciência e Ensino: construindo interfaces, 14, 19-38. Recuperado de https://ken.pucsp.br/hcensino/article/view/26106

Höttecke, D., & Silva, C. C. (2011). Why Implementing History and Philosophy in School Science Education is a Challenge: an analysis of obstacles. Science & Education, 20, 293-316. https://doi.org/10.1007/s11191-010-9285-4

Johnstone, A. H. (2000). Teaching of Chemistry - logical or psychological? Chemistry Education: Research and Practice in Europe, 1(1), 9-15. https://doi.org/10.1039/A9RP90001B

Kavalek, D. S., Souza, D. O., Del Pino, J. C., & Ribeiro, M. A. P. (2015). Filosofia e História da Química para educadores em Química. História da Ciência e Ensino: construindo interfaces, 12, 1-13. Recuperado de https://revistas.pucsp.br/hcensino/article/view/21917

Kundlatsch, A. (2019). Enquadrando as Histórias em Quadrinhos na formação inicial de professores de Química: possibilidades e limites. (Dissertação de mestrado em Educação para a Ciência). Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Bauru. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/181295

Leite, M. R. V. (2020). Histórias em Quadrinhos como material didático para a aproximação da História e Filosofia da Ciência ao ensino dos elementos químicos. (Dissertação de Mestrado em Educação para a Ciência). Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Bauru. Recuperado de https://repositorio.unesp.br/handle/11449/192138

Locatelli, S. W., & Arroio, A. (2017). Dificuldades na transição entre os níveis simbólico e submicro - repensar o macro pode auxiliar a compreender reações químicas? Enseñanza de las Ciencias, (n. ext.), 4239-4244. Recuperado de https://ddd.uab.cat/record/183742

Martins, A. F. P. (2007). História e Filosofia da Ciência no Ensino: há muitas pedras nesse caminho... Caderno Brasileiro Ensino Física, 24(1), 112-131. https://doi.org/10.5007/%25x

Martins, R. A. (2006). A História das Ciências e seus usos na Educação. In C. C. Silva (Org.). Estudos de História e filosofia das Ciências: Subsídios para Aplicação no Ensino (pp. XVII- XXX), São Paulo, SP: Livraria da Física.

Martorano, S. A. A., & Marcondes, M. E. R. (2012). Investigando as ideias e dificuldades dos professores de química do ensino médio na abordagem da história da química. História da Ciência e Ensino: construindo interfaces, 6, 16-31. Recuperado de https://revistas.pucsp.br/hcensino/article/view/11463

Matthews, M. R. (1995). História, Filosofia e Ensino de Ciências: a tendência atual de reaproximação. Caderno Catarinense Ensino de Física, 12(3), 164-214. https://doi.org/10.5007/%25x

Nickel, E. H. (1995). The definition of a mineral. The Canadian Mineralogist, 33(3), 689-690. Recuperado de https://pubs.geoscienceworld.org/canmin/article-abstract/33/3/689/12679/The-definition-of-a-mineral

Porto, P. A. (2010). História e Filosofia da Ciência no Ensino de Química: Em busca dos objetivos educacionais da atualidade. In W. L. P. dos Santos, & O. A. Maldaner. Ensino de química em foco, Ijuí, RS: Unijuí.

Roque, N. F., & SILVA, J. L. P. B. (2008). A linguagem química e o Ensino da Química Orgânica. Quim. Nova, 31(4), 921-923. Recuperado de http://quimicanova.sbq.org.br/detalhe_artigo.asp?id=1320

São Paulo. (2012). Secretaria da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: Ciências da Natureza e suas tecnologias. (1ª ed. Atualizada). São Paulo, SP: SE.

Secretaria da Educação do Paraná. Educadores: Conteúdo de Língua Portuguesa - 18. A linguagem das histórias em quadrinhos. Recuperado de http://www.portugues.seed.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=724

Silva, A. M. (2011). Proposta para tornar o ensino de Química mais atraente. Revista de Química Industrial, (731), 7-12. Recuperado de http://www.abq.org.br/rqi/2011/731/RQI-731-pagina7-Proposta-para-Tornar-o-Ensino-de-Quimica-mais-Atraente.pdf

Silva, S. R. R. T., & Amaral, E. M. (2016). Concepções sobre Substância: Relações entre Contextos de Origem e Possíveis Atribuições de Sentidos, Química Nova Escola, 38(1), 70-78. http://dx.doi.org/10.5935/0104-8899.20160011

Testoni, L. A. (2004). Um Corpo que Cai: as histórias em quadrinhos no Ensino de Física. (Dissertação de mestrado em Educação). Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-28032014-113618/pt-br.php

Vannuchi, A. I. (1996). História e Filosofia da Ciência: da teoria para a sala de aula. (Dissertação de mestrado em Educação). Instituto de Física da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-15062005-164939/pt-br.php

Vasconcelos, F. G. G. C., & Arroio, A. (2013). Explorando as percepções de professores em serviço sobre as visualizações no Ensino de Química. Quimica Nova, 36(8), 1242-1247. https://doi.org/10.1590/S0100-40422013000800025

Vergueiro, W., & Rama, A. (2004). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. São Paulo, SP: Contexto.

Wartha, E. J., Silva, E. L., & Bejarano, N. R. R. (2013). Cotidiano e Contextualização no Ensino de Química. Química Nova na Escola, 35(2), 84-91. Recuperado de http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc35_2/04-CCD-151-12.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2021v26n2p313

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License