FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO ENSINO DE REPRODUÇÃO E SEXUALIDADE NO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Mayara Lustosa de Oliveira, Joana Cristina Neves de Menezes Faria

Resumo


O presente trabalho tem sua origem numa pesquisa realizada durante o estágio curricular supervisionado do curso de Ciências Biológicas - modalidade licenciatura - da Universidade Federal de Goiás. O artigo descreve de forma crítica e analítica todas as etapas do estágio, em especial são analisadas as aulas desenvolvidas sob os temas: reprodução e sexualidade. As aulas foram ministradas para turmas de ensino fundamental do Colégio Estadual Santa Bernadete na cidade de Goiânia-GO. Para facilitar o processo de ensino aprendizagem as estagiárias dividiram os temas em subtópicos, para cada um foram desenvolvidos recursos didáticos variados. A pesquisa teve caráter descritivo e exploratório, fazendo uso de entrevistas com alunos da escola, professores supervisores e graduandos para levantar dados que permitissem avaliar o sucesso das metodologias didáticas aplicadas pelos professores em formação inicial. Os diários de campo dos estagiários também foram utilizados para compor as análises. Pelas afirmações dos participantes considera-se que as metodologias atingiram seu objetivo no esclarecimento dos temas, os recursos utilizados não somente trouxeram entendimento como estimularam a participação dos alunos. O artigo apresenta-se organizado conforme as etapas do estágio e discorre em todas elas sobre as impressões dos professores supervisores, alunos da escola e graduandos durante o estágio, ressaltando, observações, anseios, planejamento e execução das atividades.

Palavras-chave


estágio curricular; sexualidade; metodologias; ensino fundamental

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License