PROCESSOS DE NEGOCIAÇÃO DE SIGNIFICADOS SOBRE PENSAMENTO ALGÉBRICO EM UMA COMUNIDADE DE PRÁTICA DE FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA

Márcia Cristina de Costa Trindade Cyrino, Janaina Soler Caldeira

Resumo


Neste artigo apresentamos resultados de uma pesquisa que teve como objetivo investigar como o contexto de uma comunidade de prática de formação inicial de professores de Matemática colabora para aprendizagem sobre o Pensamento Algébrico dos futuros professores envolvidos. Analisamos, a partir da Teoria Social da Aprendizagem desenvolvida por Wenger (1998), os processos de negociação de significados sobre pensamento algébrico dos participantes no desenvolvimento de tarefas em uma das ações do projeto “Educação Matemática de Professores de Matemática” do programa “Universidade sem Fronteiras”. Essa análise nos possibilitou definir algumas formas de participação dos membros e explicitar reificações sobre pensamento algébrico, decorrentes de algumas interações nos processos de negociação de significados, que revelaram mudanças na identidade dos participantes em se formarem professores de Matemática.

Palavras-chave


Educação Matemática; formação inicial de professores de Matemática; comunidade de prática; pensamento algébrico

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License