ENSINO DE FÍSICA NOS ANOS INICIAIS: ANÁLISE DA ARGUMENTAÇÃO NA RESOLUÇÃO DE UMA “ATIVIDADE DE CONHECIMENTO FÍSICO”

Pedro Junior Donizete Colombo, Ariane Baffa Lourenço, Lúcia Helena Sasseron, Anna Maria Pessoa de Carvalho

Resumo


Este texto pretende discutir como alunos dos anos iniciais do ensino fundamental constroem seus argumentos a partir da resolução de um problema de conhecimento físico proposto pelo professor. O problema escolhido, “o problema da cestinha”, tem como objetivo levar o aluno a compreender a relação entre a altura de lançamento de uma bolinha e seu alcance ao sair de uma rampa. Para as análises dos dados adotamos o modelo padrão de argumentação proposto por Toulmin. Quando nos referimos ao estudo da argumentação estamos interessados em observar as enunciações elaboradas pelos alunos durante discussões visando à construção de explicações coletivas para determinados fenômenos. Os resultados revelam a potencialidade de se trabalhar a atividades de conhecimento físico em sala e aula visando processos argumentativos. Revelam ainda que o modelo de Toulmin mostrou-se extremamente útil em nossas análises para o entendimento dos processos argumentativos.

Palavras-chave


ensino de Física; ensino fundamental; argumentação; Toulmin

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License