A IMAGEM DA CÉLULA EM LIVROS DE BIOLOGIA: UMA ABORDAGEM A PARTIR DA TEORIA COGNITIVISTA DA APRENDIZAGEM MULTIMÍDIA

Ricardo Ferreira das Neves, Ana Maria dos Anjos Carneiro-Leão, Helaine Sivini Ferreira

Resumo


A pesquisa teve como objetivo analisar o Valor Didático (VD) das imagens referentes ao conceito de célula em Livros de Biologia do Ensino Médio e do Ensino Superior, utilizando como aporte a Teoria Cognitivista da Aprendizagem Multimídia (TCAM). Com o advento tecnológico houve melhor desenvolvimento nas técnicas de produção de layout e na diagramação das imagens nos livros, visando auxiliar o estudo de conceitos abstratos e muitas vezes complexos, como à célula, entretanto isso nem sempre acontece. A partir da aplicação da TCAM, observamos que as imagens relacionadas ao conceito de célula, nos livros analisados, apresentaram elementos de VD com desvios nos princípios de Coerência, Sinalização e Contiguidade Espacial, sendo esse último, com maior representatividade. Desta forma sinalizamos a necessidade de instituir critérios de aceitabilidade e inclusão das imagens nos livros, uma vez que as imagens representam potencial recurso para diminuir a abstração e facilitar a aprendizagem conceitual.

Palavras-chave


Livros de Biologia; Imagens; Célula; Teoria Cognitivista da Aprendizagem Multimídia

Texto completo:

PDF

Referências


Alberts, B.; Johnson, A.; Lewis, J.; Raff, M.; Roberts, K. & Water, P. (2010). Biologia molecular da célula. Porto Alegre: Artmed.

Alberts, B.; Bray, D.; Hopkin, K.; Johnson, A.; Lewis, J.; Raff, M.; Roberts, K. & Water, P. (2011). Fundamentos da Biologia Celular. Porto Alegre: Artmed.

Amabis, J. M. & Martho, G. R. (2010). Biologia das células. (Vol. 1). São Paulo: Moderna.

Barthes, R. (1990). O óbvio e o obtuso: ensaios críticos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Bizzo, N. (2010). Novas bases da biologia. (Vol.1). São Paulo: Ática.

Catani, A.; Carvalho, E. G.; Santiago, F.; Aguilar, J. B. V. &. Campos, S. H. M. A. (2010). Ser protagonista. biologia 1. São Paulo: SM.

Coutinho, F. A.; Soares, G. A.; Braga, S. A. M.; Chaves, A. C. L. & Costa, F. J. (2010). Análise do Valor Didático de Imagens presentes em Livros de Biologia para o Ensino Médio. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciência. 10(3), 1-18.

Gouvêa, G. & Martins, I. (2001). Imagens e educação em ciências. In: Alves, N. & Sgarbi, P. (Orgs.). Espaços e imagens na escola. Rio de Janeiro: DP&A.

Ilicheva, S. (2011). Cognitive Function of Multimedia Learning. International Conference the Future of Education. Recuperado de http://conference.pixel online.net/edu_future/common/download/Abstract_pdf/pdf/ITL98-Ilicheva.pdf.

Kress, G. & Van Leeuwen, T. (1996). Reading images: the Grammar of visual design. London: Routledge.

Lopes, S. & Rosso, S. (2010). Bio. (Vol. 1). São Paulo: Saraiva.

Matos, S. A.; Coutinho, F. A.; Chaves, A. C. L.; Costa, F. J. & Amaral. F. Costa (2010). Referenciais teórico-metodológicos para a análise da relação texto-imagem do livro didático de Biologia. Um estudo sobre o tema embriologia. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia. 3(1), 92-114.

Mayer, R. E. & Moreno, R. (2007). A Cognitive Theory of Multimedia Learning: Implications for Design Principles. University of California, Santa Barbara.

Mayer, R. E. (2001). Multimedia learning. New York: Cambridge University Press.

Mayer, R. E. (2005). Multimedia learning. New York: Cambridge University Press.

Mayer, R. E. (2009). Multimedia learning. (2a ed.) New York: Cambridge University Press.

Mendonça, V. & Laurence, J. (2010). Biologia. (Vol. 1). São Paulo: Nova geração.

Palmero, M. L. R. & Moreira, M. A (2002). Modelos Mentales Vs. Esquemas De Célula. Investigações em Ensino de Ciências. 7(1), 77-103.

Palmero, M. L. R. (2000). Modelos mentales de célula. Una aproximación a su tipificación con estudiantes de COU. (Tese de Doutorado). Universidade de La Laguna, Portugal.

Piccinini, C. & Martins, I. (2004). Comunicação multimodal na sala de aula de ciências: construindo sentidos com palavras e gestos. Ensaio: pesquisa em ensino de ciências, 6(1), 1-14.

Santaella, L & Nöth, W. (2008). Imagem: Cognição, semiótica, mídia. 1ª Ed. São Paulo: Iluminuras.

Santos; A. S. & Penido, M. C. M. (2011). O Recurso Imagético nos Livros Didáticos de Física: Analisando Imagens sobre o Movimento. VIII ENPEC, Campinas, São Paulo. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/viiienpec/resumos/R1483-1.pdf

Silva, H. C. (2006). Lendo imagens na educação científica: construção e realidade. Pro-Posições. 17(1), 71-83.

Sorden, S. D. (2012). The Cognitive Theory of Multimedia Learning. In Irby, B. J.; Brown, G.; Lara-Alecio, R. (Eds.) Handbook of Educational Theories. Charlotte: Information Age Publishing Inc.

Souza, L. H. P. (2011). As Imagens Fotográficas de Saúde no Livro Didático de Ciências. VIII ENPEC, Campinas, São Paulo. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/viiienpec/resumos/R0638-1.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2016v21n1p94

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License