O TEMA TRANSVERSAL SAÚDE E O ENSINO DE CIÊNCIAS: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES SOBRE AS PARASITOSES INTESTINAIS

Natanael Bezerra Monroe, Pablo Ricardo Ramalho Leite, Danilo Nunes Santos, Jackson Ronie Sá-Silva

Resumo


As enteroparasitoses representam um grave problema de Saúde Pública. Crianças em idade escolar são as mais acometidas pelas parasitoses intestinais. Para que aconteçam intervenções pontuais e planejadas de prevenção das parasitoses intestinais na escola é importante compreender as representações dos docentes sobre a temática. Assim, a pesquisa se propôs a problematizar o tema das parasitoses intestinais e suas conexões com o ensino de Ciências. Quatro professoras participaram da investigação. Para a apreensão das representações sociais sobre saúde, parasitoses intestinais e ensino de Ciências foram realizadas entrevistas semiestruturadas em formato de grupo focal. As representações expressadas informam que as professoras detêm conhecimentos científicos sobre o tema. No entanto, muitas ideias e percepções sobre a transmissão e a prevenção das parasitoses intestinais estão estruturadas em saberes do senso comum os quais devem ser questionados e problematizados. É preciso reconhecer e valorizar a escola como agência de saúde, assim como o papel dos docentes como promotores dessa ação.

Palavras-chave


representações sociais; ensino de ciências; educação em saúde; enteroparasitoses

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License