ABORDANDO A ISOMERIA EM COMPOSTOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS: UMA ATIVIDADE FUNDAMENTADA NO USO DE SITUAÇÕES-PROBLEMA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE QUÍMICA

José Neto Euzébio Simões, Angela Fernandes Campos, Cristiano Júnior de Almeida Cardoso Marcelino

Resumo


Esse estudo procurou investigar: i) a compreensão em isomeria por futuros professores de química no início da sua formação; e ii) a construção do conceito de isômeros após uma abordagem centrada em situações-problema. Foram elaboradas duas situações-problema relacionadas à isomeria (contexto histórico e aplicações medicinais). Um material didático textual desenvolvido para essa finalidade e modelos moleculares concretos foram utilizados como sistema de recursos no processo de resolução das situações-problema (SP’s) propostas. Os dados foram obtidos utilizando um questionário, observação de campo e uma entrevista semi-estruturada, e analisados de acordo com as ideias apresentadas por Meirieu (998). As duas SP’s apresentaram obstáculos, transponíveis para apenas alguns dos nove grupos que a responderam. Percebemos o uso não adequado do conceito de isômeros em muitas das respostas consideradas pouco satisfatórias ou insatisfatórias.

Palavras-chave


Situações-problema, Isomeria, Formação de Professores de Química

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License