EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO INICIAL DOCENTE: UM MAPEAMENTO DAS PESQUISAS BRASILEIRAS EM TESES E DISSERTAÇÕES

Sirlene Donaiski Motin, Raquel Maistrovicz Tomé Gonçalves, Dircelia Maria Soares de Oliveira Cassins, Daniele Saheb

Resumo


Este artigo propõe como objeto de estudo a relação da Educação Ambiental (EA) com a formação inicial docente. Nesse sentido, o estudo, do tipo estado da arte, objetiva analisar as principais características das pesquisas de EA na formação inicial docente, a partir do cenário das produções científicas (teses e dissertações), entre os anos de 2006 e 2016, envolvendo a EA no ensino superior. Para tanto, optou-se pela abordagem qualitativa, com base em pressupostos teórico-reflexivos, a partir do levantamento de dados na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD). Esse tipo de pesquisa é importante para evidenciar as temáticas mais focalizadas e as abordagens metodológicas e procedimentos mais empregados, bem como aponta para possíveis lacunas que ainda precisam ser exploradas. Seu quadro conceitual está baseado nas legislações que norteiam a EA no Brasil (Lei n. 9.795, 1999; MEC, 2012) e em autores que abordam questões sobre a formação inicial. Os principais resultados apontam que o enfoque metodológico descrito nas pesquisas é essencialmente qualitativo e os instrumentos são variados, com destaque para as entrevistas e questionários. Apesar do aumento significativo na amplitude de cursos pesquisados em relação à EA, há desafios, indicados pelas produções, como a fragmentação dos conteúdos, a formação que não promove a criticidade tão necessária à sociedade e a visão dominante ainda antropocêntrica, tradicional, naturalista, conservacionista e preservacionista dentro das universidades.


Palavras-chave


Educação ambiental; Formação inicial docente; Licenciaturas

Texto completo:

PDF

Referências


Abreu, L. S. (2007). Estudo das percepções de educação ambiental e sustentabilidade dos professores do curso de agronomia da UFSM: um estudo de caso. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/8917

Albernaz, R. M. (2011). Formação ecosófica: a cartografia de um professor de matemática. (Tese de doutorado). Fundação Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2896

Alves e Silva, L. M. (2009). De que natureza se fala na escola: representação social de professores e alunos no contexto da educação ambiental. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE. Recuperado de https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3927

Andrade, E. S. (2011). Do sentido ético à sobrevivência: a prática ambiental em assentamentos rurais do MST no Estado de Sergipe. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE. Recuperado de https://ri.ufs.br/handle/riufs/4344

André, M., Simões, R. H. S., Carvalho, J. M., & Brzezinski, I. (1999) Estado da arte da formação de professores no Brasil. Educação e Sociedade, 20(68), 301-309. Recuperado de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73301999000300015&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Angelo, J. A. C. (2014). Da formação à prática do professor de biologia: representações sociais e docênciaem educação ambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB. Recuperado de http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4845

Aquino-Ferreira, R. (2016). Memória e história do Programa USP Recicla: contribuições para a construção de uma universidade sustentável. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/144683

Araujo, F. V. (2007). Reestruturação de um ambiente virtual de ensino e aprendizagem e desenvolvimento de um sistema de relatórios pedagógicos. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://cascavel.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1180

Araujo, M. S. (2009). Sonhos no devir das redes do Centro de Educação Ambiental, Ciências e Matemática. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2840

Aversi, T. L. R. (2015). Ambientalização curricular em cursos de Pedagogia de instituições privadas do município de São Paulo: desafios e proposições. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/10259

Avila, R. A. P. (2014). A educação ambiental no curso de licenciatura em Educação do Campo: uma análise à luz da educação ambiental ecomunitarista e do ecomunitarismo (o caso da turma 1 - UAB/UFEPel, Pelotas/RS). (Dissertação de mestrado). Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/6123

Bandeira, C. M. S. (2015). Expedição pelo riacho do Ipiranga: história, ciência e ambiente na educação. (Dissertação de mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-16122015-092403/pt-br.php

Bassani, P. B. S. (2006). Mapeamento das interações em ambiente virtual de aprendizagem: uma possibilidade para avaliação em educação a distância. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://hdl.handle.net/10183/14682

Borges, J. A. S. (2013). Sustentabilidade e acessibilidade no ensino superior: contribuições para um diagnóstico socioambiental da PUCRS. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3756

Borgonove, C. M. (2014). Educação ambiental na engenharia ambiental à distância na UFSCar: proximidades e afastamentos à formação crítica. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Recuperado de https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2717

Braga, R. A. D. (2013). A educação ambiental na formação de professores de Geografia em Araguaina (TO): conexões de saberes. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG. Recuperado de https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/15975

Brasil (1988, 5 de outubro). Constituição da República Federativa do Brasil. Diário Oficial da União, 05/10/1988, p.1-32 . Brasília, DF: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm

Brito, J. S. (2015). Proposta de gestão ambiental para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, campus Teresina Central. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/134034

Buanga, P. M. S. (2014). Formação do professor para Educação Ambiental em Angola: uma análise do currículo do curso de Ensino da Biologia, do Instituto Superior de Ciências da Educação, ISCED –Cabinda, da Universidade 11 de Novembro, Cabinda-Angola. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG. Recuperado de http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUBD-9NYJKG

Caimi, F. E. (2006). Processos de conceituação da ação docente em contextos de sentido a partir da licenciatura em História. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://hdl.handle.net/10183/8898

Carleto, C. T. (2012). Hábitos de saúde e qualidade de vida de universitários da área da saúde. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG. Recuperado de http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/100

Carvalho, I. C. M. (2012). Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo, SP: Cortez.

Carvalho, I. C. M., Grün, M., & Trajber, R. (2009). Pensar o ambiente: bases filosóficas para a educação ambiental. Brasília, DF: MEC; Unesco. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao4.pdf

Carvalho, I. L. (2006). Proteção penal do ambiente: eficácia, efetividade e eficiência do conjunto normativo. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE. Recuperado de http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4031

Cavazzana, A. (2010). O processo de avaliação formativa em ambiente virtual de aprendizagem: um estudo exploratório com professores e alunos de um Centro Universitário do Oeste do Estado de São Paulo. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/96470

Colla, R. A. (2014). Ecologização e convivialidade: aproximações entre a educação ambiental e o cinema. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3789

Conti, R. P. (2014). A educação ambiental nos cursos de formação inicial de professores: investigações à luz de um novo instrumento de análise. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR. Recuperado de http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?view=vtls000191990

Cordenonsi, A. Z. (2008). Ambientes, objetos e dialogicidade: uma estratégia de ensino superior em heurísticas e metaheurísticas. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de https://lume.ufrgs.br/handle/10183/14668

Côrtes Júnior, L. P. (2008). As representações sociais de “química ambiental”: contribuições para a formação de bacharéis e professores de Química. (Dissertação de mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81132/tde-04122014-155043/publico/Lailton_Passos_Cortes_Jr.pdf

Cousin, C. S. (2010). Pertencer ao navegar, agir e narrar: a formação de educadores ambientais. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2842

Cupelli, R. L. (2008). Inventar é (re) existir: a produção de sentidos na constituição de professores educadores ambientais. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2912

Del Acqua, T. M. (2010). Análise da predisposição de universitários de Goiânia à reciclagem. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, GO. Recuperado de http://localhost:8080/tede/handle/tede/3113

Dellazari, L. (2009). Sistema endócrino e desreguladores hormonais dispersos no ambiente: avaliação de uma proposta educacional. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3364

Demamann, S. T. (2006). Environmental education and social representation in deaf education. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/6798

Evangelista, L. M. (2009). The recreational and environmental education in training teachers: possible dialogues. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO. Recuperado de http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/585

Ferreira, N. S. A. (2002, ago.). As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, 23(79), 257-272. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf

Figueiredo, M. L. B. Z. (2014). O estágio supervisionado: contribuições para a formação do profissional de turismo. (Dissertação de mestrado). Universidade Católica de Santos, Santos, SP. Recuperado de http://biblioteca.unisantos.br:8181/handle/tede/1621

Figueiredo, P. B. (2014). Formação e atuação de professores em educação ambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/110900

Fonseca, M. M. L. (2013). Pedagogia da terra: interfaces entre a formação docente, a educação do campo e a educação ambiental. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG. Recuperado de https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13653

Fontoura, J. L. (2010). Ecomunitarismo e ação socioambiental teoria e prática num estudo de caso junto a comunidade São GonçaloPelotas-RS-Brasil. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2846

Fracalanza, H., Amaral, I. A.,Medig Neto, J., &Eberlin, T. S. (2008). A educação ambiental no Brasil: panorama inicial da produção acadêmica. Ciências em Foco, 1(1),1-14. Recuperado de http://ojs.fe.unicamp.br/index.php/cef/article/view/4458

Freitas, V. L. C. (2008). Dimensões e universo das representações sociais de educação ambiental por discentes em Garanhuns-PE. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN. Recuperado de http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14201

Gonçalves, M. P. (2011). Análise da percepção ambiental de universitários na APA Petrópolis (RJ): estudo para uma proposta em educação ambiental para o ensino superior. (Tese de doutorado). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. Recuperado de http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4752

Gonzaga, M. J. B. (2014). A política nacional de educação ambiental: limites e desafios para a sua efetivação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. (Tese de doutorado). Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN. Recuperado de http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19903

Gonzalez, C. E. F. (2006). Educação pela ação ambiental: a coleta seletiva de resíduos sólidos em um departamento de instituição superior de ensino. (Dissertação de mestrado). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, PR. Recuperado de http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/169

Guedes, A. G. (2013). Física do meio ambiente: desafios de uma disciplina focada na formação de habilidades gerais. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN. Recuperado de http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16095

Guimarães, S. S. M. (2009). O saber ambiental na formação dos professores de Biologia. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, Araraquara, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/101550

Hori, C. Y. (2010). Descrevendo a (in)coerência entre consciência e práticas ambientais sustentáveis: um estudo com alunos de engenharia ambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/93063

Jara, D. F. E. (2010). Paisagem sonora e memórias ambientais: pontos de escuta da etnobiografia de InahMartensen. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2098

Kempka, S. B. (2016). Emergence of the concept of green university at UFSM, campus FredericoWestphalen. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFSM-1_55943537a41a42168ee5d4d821f5115d

Kiefer, J. G. (2011). Programa Fazendo Escola: educando para novos valores no trânsito: um estudo de caso com professores. (Dissertação de mestrado). Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, SP. Recuperado de http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1798

Kindel, E. A. I. (2012). Educação ambiental nos PCN. In C. P. Lisboa & E. A. I. Kindel. Educação ambiental: da teoria à prática. (25-28). Porto Alegre, RS: Mediação.

Lacerda, F. K. D. (2012). Contribuições da educação a distância para a educação ambiental: utilização da rede sociotécnica na análise das concepções de meio ambiente e saúde no Polo de Nova Friburgo. (Tese de doutorado). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. Recuperado de http://www.ppgmeioambiente.uerj.br/teses/defendidas?download=59:contribuicoes-da-educacao-a-distancia-para-a-educacao-ambiental-utilizacao-da-rede-sociotecnica-na-analise-das-concepcoes-de-meio-ambiente-e-saude-no-polo-de-nova-friburgo&start=20

Lacerda Junior, V. J. A. (2008). Educação ambiental: concepções e formação continuada docente no CEFET-RS. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2136

Lei n. 9.394 (1996, 20 de dezembro). Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, Diário Oficial de União, 23/12/1996, p. 27833-27841. Brasília, DF: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm

Lei n. 9.795 (1999, 27 de abril). Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, 28/04/1999, p.1. Brasília, DF: Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9795.htm

Lima, J. M. M. (2014). Estudo do processo de elaboração de uma unidade didática sobre poluição. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR. Recuperado de http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000202405

Lopes, T. S. (2012). A educação ambiental na formação do pedagogo: a dimensão ambiental no curso de Licenciatura Plena de Pedagogia da UFPB João Pessoa. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal da Paraí¬ba, João Pessoa, PB. Recuperado de http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4512

Lorenzetti, L., & Delizoicov, D. (2006). Educação ambiental: um olhar sobre dissertações e teses. Revista Brasileira de Educação em Ciências, 6(2), 1-21. Recuperado de https://seer.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/2247/1646

Loureiro, C. F. B., & Lima J. G. S. (2009, jan./jun.). Educação ambiental e educação científica na perspectiva Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS): pilares para uma educação crítica. Acta Scientiae, 11(1), 88-100. Recuperado de http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/download/57/51

Lutz, V. L. S. (2011). Educação ambiental objetiva nas faculdades/universidades privadas no município de Santa Maria RS e suas localizações espaciais. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://cascavel.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3981

Luvielmo, M. M. (2011). Educação ambiental, cinema e biopoder: uma discussão possível. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2232

Mancini, G. V., & Kawasaki, C. S. (2013). O estado da arte da pesquisa em educação ambiental: levantamento e análise de dissertações e teses que relacionam educação ambiental e ecologia. In Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia, SP. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/ixenpec/atas/resumos/R1418-1.pdf

Mansano Neto, J. (2014). A ocupação de espaços digitais para divulgação de tema transversal em ambiente virtual de aprendizagem na UTFPR: uma abordagem complexa. (Tese de doutorado). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, PR. Recuperado de http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/878

Marques Junior, H. (2012). Concepções dos alunos do ensino médio e superior sobre arborização urbana inseridas no contexto da educação ambiental. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, GO. Recuperado de http://localhost:8080/tede/handle/tede/2502

Martins, M. C. (2012). Educação e ambiente: a relação entre humanos e não humanos em zoológicos urbanos. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3720

MEC (1998). Parâmetros curriculares nacionais: Ciências naturais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília, DF: MEC/SEF. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencias.pdf

MEC (2012). Diretrizes curriculares nacionais para a educação ambiental. Conselho Nacional de Educação. Brasília, DF: MEC/CNE. Recuperado de http://conferenciainfanto.mec.gov.br/images/conteudo/iv-cnijma/diretrizes.pdf

MEC (2015). Diretrizes curriculares nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Conselho Nacional de Educação. Brasília, DF: MEC/CNE. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file

Megid Neto, J., & Pacheco, D. (2001). Pesquisas sobre o ensino de física no nível médio no Brasil: concepção e tratamento de problemas em teses e dissertações. In R. Nardi (Org.). Pesquisas em ensino de Física. (2a ed.). São Paulo, SP: Escrituras.

Mello, C. C. (2014). Environmental education for a peace culture contributions to the teacher formation. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/7115

Modesto, M. A. (2016). Que revelam os discursos emergentes do currículo?: possibilidades para formação ambiental do pedagogo mediante o ensino de história. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE. Recuperado de https://ri.ufs.br/handle/riufs/4760

Monte, M. G. (2013). Trajetórias de docentes universitários com a temática ambiental: do mito de origem às ações no campo ambiental. (Tese de doutorado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Recuperado de https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2321

Monteiro Júnior, F. N. (2012). Educação sonora: encontro entre ciências, tecnologia e cultura. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/102066

Morin, E. (2007). Educação e complexidade: os sete saberes e outros ensaios. São Paulo, SP: Cortez.

Müller, A. M. (2010). Proposta de um sistema de gestão de resíduos de serviços de saúde para os cursos da área da saúde numa universidade comunitária. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/8141

Oliveira, M. G. (2011). Cursos de Pedagogia em universidades federais brasileiras: políticas públicas e processos de ambientalização curricular. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/90087

Palma, S. R. (2013). Gerenciamento de resíduos sólidos em instituições federais de ensino superior do Rio Grande do Sul. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://cascavel.ufsm.br/tede//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=5508

Paula, A. G. (2016). Análise do entendimento da educação ambiental a partir das diretrizes curriculares nacionais, Resolução 02/2012 CNE/CP, e sua aplicação nos cursos de graduação em Química da Universidade Federal de Uberlândia. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG. Recuperado de https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18094

Pereira, G. N. (2014). Produção discursiva sobre questões ambientais no currículo de Licenciatura em Geografia. (Dissertação de mestrado). Faculdade de Educação da Baixada Fluminense, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. Recuperado de http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UERJ_5bb1e53c2dcd1474d3718aac05d844ed

Peres, R. R. (2014). Perception of nursing faculty about the interface health and environment in vocational training. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/7412

Pinheiro, G. G. (2008). Ambient environmental citizenship in urban centers: a study with students of higher education. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN. Recuperado de http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14926

Pitanga, A. F. (2015). A inserção das questões ambientais no curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal de Sergipe. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE. Recuperado de http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4587

Podewils, T. L. (2014). A educação ambiental na formação dos licenciados em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. (Dissertação de mestrado). Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/6091

Reigota, M. (2007). O estado da arte da pesquisa em educação ambiental no Brasil. Pesquisa em Educação Ambiental, 2(1), 33-66. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/pea/article/download/30017/31904

Reis, D. A., & Silva, L. F. (2016). Análise de dissertações e teses brasileiras de educação ambiental: compreensões elaboradas sobre o tema “mudanças climáticas”. Ciência & Educação (Bauru), 22(1), 145-162. Recuperado de http://doi.org/10.1590/1516-731320160010010

Ribeiro, E. B. V. (2011). Formação de professores de ciências e educação inclusiva em uma instituição de ensino superior em Jataí-GO. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO. Recuperado de https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3072

Ribeiro, G. D. (2015). O projeto Natureza & Criança: aprendendo com animais e plantas como proposta de ações de educação ambiental na formação de estagiários da área de biociências e alunos do ensino fundamental. (Dissertação de mestrado). Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, SP. Recuperado de http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1937

Ribeiro, J. A. G. (2012). Ecologia, educação ambiental, ambiente e meio ambiente: modelos conceituais e representações mentais. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/90939

Romanowski, J. P. (2002). As licenciaturas no Brasil: um balanço das teses e dissertações dos anos 90. (Tese de doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22102014-134348/pt-br.php

Romanowski, J. P., & Ens, R. T. (2006). As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educacional, 6(19), 37-50. Recuperado de https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=189116275004

Rosa, C. I. (2012). Environmental education, intercultureandteachersformation: Paulo Freire’s contributions. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/7020

Saheb, D. (2008). A educação socioambiental na formação em Pedagogia. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR. Recuperado de http://www.ppge.ufpr.br/teses/M08_saheb.pdf

Saheb, D. (2013). Os saberes socioambientais e a formação do educador ambiental sob o foco da complexidade. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR. Recuperado de https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/36381

Salort, M. C. (2010). Qual o seu lugar?:a educação ambiental problematizada na formação inicial dos arte-educadores e revelada com escrita e luz. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2138

Santos, D. G. (2013). Uma visão da educação ambiental nos projetos de iniciação à docência e na formação de professores. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Goiás, Catalão, GO. Recuperado de http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3499

Santos, L. C. (2014). Formação em educação para o desenvolvimento sustentável: contribuições para o desenvolvimento profissional de professores de Ciências. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC. Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/128902

Santos, O. R. (2014). Educação ambiental na formação do tecnólogo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de Goiás. (Tese de doutorado). Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, GO. Recuperado de http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/719

Schlichting, H. A. (2007). A biologia do amor e a biologia do conhecimento de Humberto Maturana: contribuições à formação de professores e à educação ambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/6787

Schmitt, L. A. (2016). Educação ambiental e currículo: um olhar sobre a formação inicial de professores de Ciências e Biologia. (Dissertação de mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6706

Scholten, C. (2012). Análise da percepção de estudantes e profissionais de medicina veterinária sobre sua atuação na área de saúde ambiental. (Tese de doutorado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/103798

Schulz, L. (2014). Pedagogia ecovivencial: por uma educação ambiental emancipatória.(Tese de doutorado). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB. Recuperado de http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/7755

Segtowich, P. N. R. (2007). Formação de educadores do campo: contribuições para pensar a educação ambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Pará, Belém, PA. Recuperado de http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3120

Sena, J. (2011). Relação saúde/ambiente nos processos de formação do enfermeiro: um estudo nos conteúdos curriculares da graduação em Enfermagem. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2898

Sierra, D. F. M. (2009). Os sentidos outorgados por docentes de cursos de licenciatura sobre a educação ambiental como possibilidade para se pensar a formação de professores. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/90941

Silva, A. S. (2013). A educação ambiental no ensino superior: o que dizem os professores universitários. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE. Recuperado de https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/4795/1/ADRIANO_SOTERO_SILVA.pdf

Silva, A. N. (2015). Ambientalização curricular na educação superior: um estudo na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). (Dissertação de mestrado). Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. Recuperado de http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/5948

Silva, I. S. (2013). Brazilian cultural anthropophagy and the inventive practices of HélioOiticica, Paulo Freire and Augusto Boal: ecology and intercultural contributions for teacher training. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/3472

Silva, L. F. (2014). Educação ambiental: representações sociais e práticas pedagógicas em cursos de formação de professores. (Dissertação de mestrado). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, PR. Recuperado de http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1120

Sousa, G. R. (2016). Educação para as TIC nos cursos de Pedagogia a distância: análises curriculares por meio da mídia-educação. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG. Recuperado de https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/3173

Souza, D. C. (2010). Cartografia da educação ambiental nas pós-graduações stricto sensu brasileiras (2003-2007): ênfase na pesquisa das áreas de educação e ensino de ciências sobre formação de professores. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR. Recuperado de http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000153186

Souza, D. C., & Salvi, R. F. (2012). A pesquisa em educação ambiental: um panorama sobre sua construção. Revista Ensaio (Belo Horizonte),14(3), 111-129. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/epec/v14n3/1983-2117-epec-14-03-00111.pdf

Souza, F. F. (2013). Construção e avaliação de um ambiente virtual de aprendizagem voltado à educação em ciências, química verde e sustentabilidade socioambiental. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Recuperado de https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2652

Souza, M. A. S. (2013). A formação de professores para a educação profissional e tecnológica na perspectiva da educação ambiental: desaceleração do tempo e desfragmentação do currículo. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/6021

Souza, S. E. R. (2006). A inserção da educação ambiental no currículo do curso de Agronomia: um estudo de caso na UFSM. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil. Recuperado de http://cascavel.ufsm.br/tede//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=151

Stehling, M. M. C. T. (2009). Gerenciamento de resíduos com risco biológico e perfurocortantes: conhecimento e sua aplicação no ciclo básico e na pesquisa do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG. Recuperado de http://hdl.handle.net/1843/SSLA-7WSGDE

Tavares, G. S. (2009). Estudo da disciplinarização da educação ambiental em um curso superior de Ciências Biológicas. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2230

Tavares Júnior, M. J. (2012). Educação ambiental como disciplina na formação dos biólogos: um estudo de caso na Universidade Federal de Uberlândia. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG. Recuperado de https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13631

Teixeira, F. (2011). Mídia como instrumento de educação e de formação da consciência ambiental abordagens na educação tecnológica. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC. Recuperado de http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/95502

Thiemann, F.T.C.S. (2013).Biodiversidade como tema para a educação ambiental: contextos urbanos, sentidos atribuídos e possibilidades na perspectiva de uma educação ambiental crítica. (Tese de doutorado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Recuperado de https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/1797/5129.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Tonin, I. B. C. (2015). Valores de futuros engenheiros ambientais sobre o meio ambiente. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São Paulo, SP. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/123692

Torales, M. A. (2013). A inserção da educação ambiental nos currículos escolares e o papel dos professores: da ação escolar a ação educativo-comunitária como compromisso político-ideológico. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, (n.esp.), 1-17. Recuperado de https://periodicos.furg.br/remea/article/view/3437

Vaillant, D., & Garcia, C. M. (2012). Ensinando a ensinar: quatro etapas de uma aprendizagem. Curitiba, PR: Utfpr.

Vieira, M. S. (2015). Ambientalização universitária: o olhar dos estudantes da UFSCar para as questões ambientais. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Recuperado de https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2769

Vigorito, T. M. S. (2011). Tecnologias e educação ambiental: o discurso coletivo na formação docente. (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, RS. Recuperado de http://repositorio.furg.br/handle/1/2124

Vosgerau, D. S. R., & Romanowski, J. P. (2014). Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Diálogo Educacional, 14(41), 165-189. Recuperado de https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/2317

Wollmann, E. M. (2016). The integration of environmental education in the teacher training: from the perceptions to the practices. (Tese de doutorado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. Recuperado de http://repositorio.ufsm.br/handle/1/3556

Zuin, V. G. (2010). A inserção da dimensão ambiental na formação inicial de professoras/es de Química: um estudo de caso. (Tese de doutorado). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-11082011-144204/publico/vania.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2019v24n1p81

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License