RELAÇÕES COM O SABER NA EDUCAÇÃO ESPECIAL: UM ESTUDO EM CIÊNCIAS

Fabiana Neves Bertolin, Odisséa Boaventura Oliveira

Resumo


Esta pesquisa parte de uma sequência didática sobre o tema Água que contemplou múltiplas linguagens (imagética, literária, audiovisual, artística, computacional, científica escolar) e foi aplicada a cinco estudantes que frequentavam o 3º ano do Ensino Fundamental de uma Escola Especial. O objetivo foi analisar as Relações com o Saber estabelecidas por esses estudantes que apresentam deficiência intelectual. A análise apontou seis categorias iniciais: Relação com o Material, Relação com as Múltiplas Linguagens, Relação com os Espaços Utilizados, Relação com as Aprendizagens Escolares, Relação Pessoal e Relação Interpessoal, que foram agrupadas em três categorias intermediárias: Dimensão Epistêmica, Dimensão Identitária e Dimensão Social, culminando na categoria final denominada de Relação com o Saber. Esse estudo procurou ampliar discussões acerca da construção de saberes pelo público da educação especial, além de apontar a relevância de uma proposta de ensino que envolve práticas educativas, cinestesia, formação de conceitos e o desenvolvimento da linguagem.


Palavras-chave


Múltiplas linguagens; Relações com o saber; Deficiência intelectual.

Texto completo:

PDF

Referências


Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo. Tradução Luís Antero Reto. São Paulo: Edições 70.

Bertolin, F. N. (2017). O Ensino de Ciências na Educação Especial: Possibilidades de Relações com o Saber. (Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, Curitiba. Recuperado de https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/52563

Carvalho, A. M. (2004). Metodologia de pesquisa em ensino de física: uma proposta para estudar os processos de ensino e aprendizagem. In Anais do IX Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, Jaboticatubas, MG.

Charlot, B. (2000). Da relação com o saber: elementos para uma teoria. São Paulo: Artmed.

___________ (2005) Relação com o Saber, Formação dos Professores e Globalização: questões para a educação hoje. Porto Alegre: Artmed.

___________ (2013) Da relação com o saber às práticas educativas. Coleção docência em formação: saberes pedagógicos. São Paulo: Cortez.

Ferreira, J. C. D. (2016). Ficção científica e ensino de ciências: seus entremeios. (Tese de Doutorado em Educação). Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Oliveira, O. B. de. (2015). Relações com o Saber na Formação de Professor de Ciências. Relatório (Pós-Doutorado em Educação, Universidade Federal do Sergipe). Recuperado de http://docs.wixstatic.com/ugd/924e48_18844fcefe42414cb6d17b8da58829df.pdf

Orlandi, E. P. (2008). Discurso e Leitura. (8a. ed.). São Paulo: Cortez.

Rego, T. C., & Bruno, L. E. N. B. (2010). Desafios da educação na contemporaneidade: reflexões de um pesquisador – Entrevista com Bernard Charlot. Educação e Pesquisa, São Paulo, 36, (n. especial), 147-161. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/ep/v36nspe/v36nspea12.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2018v23n3p171

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License