INICIAÇÃO À ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA NOS ANOS INICIAIS: CONTRIBUIÇÕES DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Juliana Pinto Viecheneski, Marciah Regina Carletto

Resumo


Este artigo objetiva apresentar os resultados de uma pesquisa de mestrado profissional, que foi desenvolvida no contexto dos anos iniciais do Ensino Fundamental, a partir da aplicação de uma sequência didática, com vistas à iniciação da alfabetização científica de alunos em processo de alfabetização da língua materna. A abordagem metodológica utilizada foi a pesquisa qualitativa, de natureza interpretativa. Os sujeitos foram os alunos do 1º ano do 1º Ciclo do Ensino Fundamental de uma escola pública de Ponta Grossa - PR. Os dados foram coletados por meio de observação, aplicação de teste diagnóstico, gravações em áudio, fotografias, registros escritos, ilustrações e pós-teste.  A teoria Histórico Cultural do Desenvolvimento subsidiou a análise das ações pedagógicas e as reflexões sobre as mesmas. Os principais resultados indicam que as atividades da sequência didática, contribuíram para o avanço progressivo dos conhecimentos dos alunos, em relação à área de ciências e iniciação à alfabetização científica, e contribuíram, também, para tornar a aprendizagem da língua materna mais contextualizada e interdisciplinar. Salienta-se que esse trabalho requer um professor que assuma o seu papel de mediador entre os conhecimentos científicos e as crianças, assim como exige a compreensão de que, como sujeito inserido no meio tecnológico, o aluno dos anos iniciais tem o direito ao acesso à cultura científica. Nessa perspectiva, respeitando-se o nível de desenvolvimento das crianças, o professor pode propiciar desafios e mediações necessárias para a construção gradual do conhecimento científico, já nos primeiros anos do ensino fundamental.

Palavras-chave


alfabetização científica; ensino de ciências; anos iniciais do ensino fundamental

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License