ABORDAGEM DE TEMAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: UM OLHAR PARA PRODUÇÕES RELACIONADAS À EDUCAÇÃO DO CAMPO

Karine Raquiel Halmenschlager, Carolina Dos Santos Fernandes, Juliano Camillo, Elizandro Maurício Brick

Resumo


Este trabalho tem como foco analisar o modo como discussões a respeito da abordagem de temas, no Ensino de Ciências e Matemática, estão presentes em trabalhos relacionados à Educação do Campo. Realizou-se uma revisão de literatura, em atas de eventos e periódicos nacionais, por meio da qual foram localizados dezenove estudos. A análise de tais estudos foi realizada tomando-se os princípios da Análise Textual Discursiva, a partir de quatro categorias: natureza do tema; relação com o contexto local; relação com a conceituação científica e relação com a escola. Dentre os resultados, destaca-se que os estudos têm explorado temáticas que abarcam, especialmente, questões contextuais, sociais e políticas. Já no que diz respeito a relação com o contexto do campo, destacamos duas diferentes dimensões: uma na qual o campo assume um papel central e outra na qual o campo parece assumir função ilustrativa. Identificamos, também, uma busca pela superação da abordagem da conceituação científica de forma isolada, fragmentada e descontextualizada. Por fim, no que diz respeito a visão acerca da escola, ressalta-se a necessidade de superação deste espaço como mera aplicação e reprodução de conhecimento.


Palavras-chave


Educação do Campo; Abordagem Temática; Ensino de Ciências e Matemática

Texto completo:

PDF

Referências


Althusser, L. (1970). Ideologia e Aparelhos ideológicos de estado. Lisboa, Portugal: Presença.

Bourdieu, P., & Passeron, J. C. (2008). A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. Petrópolis, RJ: Vozes.

Cachapuz, A., Gil-perez, D., Carvalho, A. M. P., Praia, J., & Vilches, A. (2011). A necessária renovação do ensino de ciências. São Paulo, SP: Cortez.

Caldart, R. S. (2012). Educação do Campo. In Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejo, P., & Frigotto, G. (Orgs). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, RJ, São Paulo, SP: Escola Politécnica de saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular.

Carvalho, A. M. P., & Gil-Pérez, D. (2011). Formação de professores de ciências: tendências e inovações. São Paulo, SP: Cortez.

Cordeiro, G. N. K., Reis, N. da S., & Hage, S. M. (2011). Pedagogia da Alternância e seus desafios para assegurar a formação humana dos sujeitos e a sustentabilidade do campo. Em Aberto, 24(85), 115-125. Recuperado de http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/view/2489/2446

Delizoicov, D. (1991). Conhecimento, Tensões e Transições. (Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo). Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/75757/82794.pdf

Delizoicov, D., Angotti, J. A., & Pernambuco, M. M. (2007). Ensino de Ciências: Fundamentos e Métodos. São Paulo, SP: Cortez.

Delizoicov, D., & Auler, D. (2011). Ciência, tecnologia e formação social do espaço: questões sobre a não-neutralidade. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 4(2), 247-273. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/37690

Ferreira, N. S. A. (2002). As pesquisas denominadas estado da arte. Educação & Sociedade, 23(79), 257-272. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf

Freire, P. (1992). Pedagogia da Esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra.

Freire, P. (1996). Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa (34a ed.). Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra.

Freire, P. (2005). Pedagogia do Oprimido. São Paulo, SP: Paz e terra.

Freitas, L. C. (1995). Crítica da organização do trabalho pedagógico e da didática (11a ed.). Campinas, SP: Papirus.

Gehlen, S. T. G. T., Strieder, R. B., Watanabe-Caramello, G., Feistel, R. A. B., & Halmenschlager, K. R. (2014). A inserção da Abordagem Temática em cursos de Licenciatura em Física em instituições de Ensino Superior. Investigações em Ensino de Ciências, 19(1), 217-238. Recuperado de https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/104/75

Halmenschlager, K.R., & Delizoicov, D (2017). Abordagem Temática no Ensino de Ciências: Caracterização de Propostas Destinadas ao Ensino Médio. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 10(2), 305-330. DOI: 10.5007/1982-5153.2017v10n2p305

Halmenschlager, K. R., Strieder, R. B., Watanabe, G., & Silva, L. F. (2015). Abordagem Temática na formação inicial de professores de Física e suas implicações na prática docente. In X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindoia. Recuperado de http://ecec.paginas.ufsc.br/files/2015/03/Halmenschlager-et.-al.-2015-X-ENPEC.pdf

Halmenschlager, K. R. (2014). Abordagem de temas em Ciências da Natureza no Ensino Médio: implicações na prática e na formação docente. (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de http://tede.ufsc.br/teses/PECT0217-T.pdf

Lara, J. I. M., Borges, R. M. R., & Basso, N. R. S. (2007). Unidade de Aprendizagem sobre soluções: Avaliação de uma proposta interativa de educação química. In VI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Florianópolis. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/CR2/p627.pdf

Lindemann, R. H. (2010). Ensino de química em escolas do campo com proposta agroecológica: contribuições do referencial freireano de educação. (Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis). Recuperado de http://www.tede.ufsc.br/teses/PECT0122-T.pdf

Maldaner, O. A. (2007). Situações de Estudo no Ensino Médio: nova compreensão de Educação Básica. In Nardi, R. (org.). Pesquisa em Ensino de Ciências no Brasil: alguns recortes. São Paulo, SP: Escrituras.

Marques, S. G., Halmenschlager, K. R., & Wagner, C. (2013). Abordagem Temática na Iniciação à Docência. In VIII Encontro de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindoia. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/ixenpec/atas/resumos/R1203-1.pdf

Molina, M. C., & Sá, L. M. (2012). Licenciatura em Educação do Campo. In Caldart, R. S., Pereira, I. B., Alentejo, P., & Frigotto, G. (Org.). Dicionário da Educação do Campo. (pp. 326-333). Rio de Janeiro, RJ, São Paulo, SP: Escola Politécnica de saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular,

Pistrak, M. M. (2000). Fundamentos da Escola do Trabalho (5a ed.). Tradução de Daniel Aarão Reis Filho. São Paulo, SP: Expressão Popular.

Moraes, R., & Galiazzi, M. C. (2007). Análise Textual Discursiva. Ijuí, RS: UNIJUÍ.

Richetti, G. P., & Pinho-Alves, J. (2010). Unindo as peças do quebra-cabeça: a automedicação no Ensino de Química à luz da Alfabetização Científica e Tecnológica. In XV Encontro Nacional de Ensino de Química. Brasília. Recuperado de http://www.sbq.org.br/eneq/xv/resumos/R0265-1.pdf

Sibilia, P. (2012). Redes ou paredes: a escola em tempos de dispersão. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro, RJ: Contraponto.

Silva, L. F., & Carvalho, L. M. (2009). Professores de Física em Formação Inicial: o ensino de Física, a abordagem CTS e os temas controversos. Investigações em Ensino de Ciências, 14(1), 135-148. Recuperado de https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/414

Silva, P. S., & Mortimer, E. F. (2007). Projeto água em foco, qualidade de vida e cidadania: uma experiência na formação inicial de professores. In VI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Florianópolis. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/CR2/p640.pdf

Silva, C. A. C., Halmenschlager, K. R., Watanabe-Caramello, G., Feistel, R. A. B., Gehlen, S. T., & Streider, R. B. (2012). Abordagem temática na pesquisa em ensino de física. In XIV Encontro de Pesquisa em Ensino de Física. Maresias.

Strieder, R. B., Caramello, G. W., & Gehlen, S. T. (2012). Abordagem de Temas no Ensino Médio: compreensões de professores de Física. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, 14(2), 153-169. Recuperado de http://www.scielo.br/pdf/epec/v14n2/1983-2117-epec-14-02-00153.pdf

Stuani, G. M., Fernandes, C. S., & Yamazaki, R. M. (2015). As potencialidades da abordagem temática na formação de educadores do campo e indígenas. In X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindoia. Recuperado de

http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R1278-1.PDF

Tavares, S. S. (2016). Projetos na perspectiva da Abordagem Temática: Desafios e potencialidades encontrados por professores de Física. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Itajubá, Itajubá). Recuperado de https://repositorio.unifei.edu.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/470/dissertacao_tavares_2016.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2018v23n2p172

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI) - ISSN: 1518-8795 

Creative Commons License