A Teia Cósmica: Universo com 5% da sua idade

Modelo da distribuição da matéria (lado=15Mpc comóvel, dominada pela matéria escura) quando o Universo tinha 5% da sua idade (z=8) e as primeiras galáxias e estrelas estavam se formando. Simulação feita por Rainer Weinberger (IllustrisTNG Collaboration) para sua contribuição aos Proceedings do Simpósio da IAU 359, que estamos editando (Thaisa Storchi Bergmann, William Forman, Roderick Overzier e Rogério Riffel).  

Compacto de minha entrevista para Podcast Prototipando

Versão compacta da entrevista que dei para Pedro Piovan, fundador da Ensaio Lab, para o Podcast Prototipando. Nesse podcast, abordo diversos assuntos: – o que são os buracos negros e como foram descobertos; – como funciona a inovação na pesquisa científica; – os desafios de ser uma mulher cientista; – a (des)informação científica encontrada na internet; – o que é a vida.  Para assistir na íntegra, acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=UuLTD…

Rádio-galáxias: elípticas, população estelar velha e interações

Em trabalho recente liderado por Julia Comerford (arxiv.org/pdf/2008.11210.pdf), Univ. Colorado, usando o survey MaNGA – SDSS-IV, mostramos que rádio-galáxias próximas são em geral elípticas e com população estelar mais velha do que outras galáxias ativas. Ou o jato rádio está impedindo a formação de novas estrelas, ou a atividade rádio é consequência do pouco combustível para alimentar o Buraco Negro central. Por outro lado, há mais interações com vizinhas em rádio galáxias do que em outras galáxias ativas.

Palestra: Alimentação e retro-alimentação de Buracos Negros Supermassivos em Galáxias

Nesta terça-feira, 18/08/2020, às 15hs, estarei ministrando a palestra acima on-line na série de seminários do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais: https://meet.google.com/dcu-sami-tgx. O assunto são os fenômenos que acontecem nas galáxias devido aos seus Buracos Negros Supermassivos centrais, e sua importância na evolução destas galáxias. Enfatizarei o meu trabalho sobre o assunto, bem como o de de meus alunos e colaboradores. 

4C+29.30: uma rádio-galáxia poderosa

Rádio galáxias são caracterizadas por jatos de partículas que se estendem além dos limites das galáxias. Num trabalho liderado por Guilherme Couto (arXiv:2007.14977), concluímos que estes jatos em 4C+29.30 depositam na galáxia > 5% da potência liberada pela acreção de matéria ao Buraco Negro central. Isto é muito, e explica porque as galáxias não atingem tamanhos muito grandes durante sua evolução: nas fases ativas (como 4C+29.30) os jatos empurram o gás da vizinhança do núcleo para fora da galáxia e limitam a formação de novas estrelas, impedindo que as galáxias cresçam demais. (Crédito da figura: Chandra).

Astrominas 2020 – vídeo do evento

O Astrominas2020 foi um evento de ciência e divulgação científica que reuniu mais de 500 meninas do último ano do primeiro grau e dos dois primeiros anos do segundo grau para discutir, assistir palestras virtuais e realizar experimentos em astronomia, sob a coordenação da Elysandra Figueredo Cypriano do IAG-USP. Fiquei muito feliz em participar, inclusive com a minha (e do Betinho Niederauer) música, como fundo musical do vídeo do evento. #astronomia #ciencia