UFRGS
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA
Av. Bento Gonçalves, 9500, Caixa Postal 15051, 91501-970 - Porto Alegre, RS, BRASIL
Tel.: (+55)(51)3308-6435 - Fax: (+55)(51)3308-7286
 
Instituto de Física





Página Inicial
Inscrição e Seleção
Orientadores
Alunos
Disciplinas
Linhas de Pesquisa
Publicações
Teses e Dissertações
Regulamentação
CPG


CastellanoPortuguêsEnglish



e-mail: cpgfis@if.ufrgs.br



Links:

CAPES

CNPq


EDITAL PERMANENTE DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO DOUTORADO



O programa de Pós-Graduação (PPG) em Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul torna público o regulamento do processo seletivo para ingresso no curso de Doutorado em Física.

  • As inscrições estão permanentemente abertas.

  • O curso de Doutorado em Física compreende as Áreas de Concentração Física Experimental, Física Teórica e Astrofísica, não havendo pré-definição de número de vagas para cada Área de Concentração.

  • A seleção é realizada pela Comissão de Pós-Graduação, auxiliada pela Comissão de Bolsas e por consultores ad hoc.

  • Podem inscrever-se portadores de título de Mestre em Física ou área afim, levando-se em conta as seguintes observações:
    1. Qualquer referência a "Mestrado" neste Edital contempla exclusivamente Mestrado Acadêmico.
    2. São aceitas inscrições de candidatos que ainda não completaram o Mestrado, desde que a data de julgamento da dissertação esteja oficialmente definida para o mês em que é apresentada a inscrição ou primeira quinzena do mês seguinte.
    3. No caso de Mestrado em área afim, mas não especificamente em Física, o candidato deve ser aprovado no exame escrito que é parte do processo seletivo para ingresso no Mestrado neste PPG, observando-se as datas de realização do mesmo. Neste contexto, o Mestrado em Astrofísica ou Astronomia é considerado equivalente ao Mestrado em Física para a área de concentração Astrofísica.
    4. Embora o Regimento do Programa (Parágrafo único do Art. 2º) estabeleça que o Mestrado não é pré-requisito para o Doutorado, o ingresso no Doutorado de graduados em Física ou área afim sem título de Mestre só é considerado no contexto da passagem direta de aluno de Mestrado para o Doutorado, nos termos do Art. 34 do referido Regimento, ou seja, para alunos regularmente inscritos no Mestrado neste PPG.

  • Documentos necessários para a inscrição, que devem ser entregues na Secretaria do Programa ou enviados por correio para o endereço constante no início deste edital (para inscrição, aceitamos documentação em Língua Portuguesa, Espanhola e Inglesa):
    1. formulário de inscrição completamente preenchido (o formulário está disponível aqui);
    2. Plano de Doutorado, assinado pelo(a) candidato(a) e seu(s) orientador(es), apresentado em conjunto com um orientador pertencente ao quadro docente deste PPG, o qual, por esse instrumento, declara concordância em orientar o candidato caso o mesmo seja aceito para ingresso;
    3. curriculum vitae (preferencialmente da Plataforma Lattes);
    4. duas cartas de recomendação, segundo modelo disponível aqui;
    5. no caso de candidatos que não fizeram o Mestrado neste PPG, anexar:
      • cópia de documento de identidade;
      • cópia do diploma (ou certificado de conclusão) do Mestrado;
      • histórico escolar do Mestrado;
      • programas das disciplinas cursadas no Mestrado, com bibliografia;
      • resultado do exame escrito, quando houver obrigatoriedade de realização do mesmo.

  • O processo de seleção compreende:
    1. análise dos Planos de Doutorado por consultores ad hoc, cujos pareceres devem ser homologados pela Comissão de Pós-Graduação;
    2. análise do histórico de Mestrado e, se fôr o caso, resultado do exame escrito, conforme especificado abaixo.

  • A análise do histórico de Mestrado é feita pela Comissão de Bolsas e tem como resultado uma nota final M, constituída pela média aritmética de duas notas parciais: P1, referente ao rendimento global no Mestrado, e P2, especificamente referente ao rendimento acadêmico. Essas notas parciais e, conseqüentemente, a nota final estão compreendidas entre 0 (zero) e 3,00 (três). As notas parciais são definidas a seguir.
    1. P1 = 3*Q*730/T, com arredondamento para duas casas decimais. T é o tempo de realização do Mestrado medido em dias, contando-se como dois anos (730 dias) os tempos inferiores a esta duração; Q é um fator de qualidade do curso realizado, relacionado à nota mais recente obtida pelo mesmo em avaliação da CAPES, conforme a seguinte correspondência: Q=1 para cursos com notas 5, 6 ou 7; Q=0.9 para cursos com nota 4; Q=0.8 para cursos com nota 3.
    2. P2 é dada pela média aritmética dos conceitos obtidos nas disciplinas cursadas no Mestrado, excetuando-se seminários e estágios de docência ou pesquisa, sendo esta média ponderada pelos respectivos números de créditos das disciplinas.
      • Os conceitos obtidos nas disciplinas são convertidos em graus numéricos, com a seguinte correspondência entre conceitos e graus: A=3 , B=2, C=1, D=FF=0.
      • Para candidatos cujo histórico apresente notas em vez de conceitos, é feita, inicialmente, a conversão de faixas de notas para conceitos como segue. D: reprovação; C: da nota mínima de aprovação a 7,49; B: de 7,50 a 8,99; A: de 9,00 a 10.
      • Para candidatos que se enquadrem na exigência de realização do exame escrito, a nota parcial P2 é a nota obtida no exame, devendo esta ser igual ou superior a 1,5 (um e meio).

  • São considerados aprovados os candidatos com nota final M igual ou superior a 2,00 (dois) e cujo Plano de Doutorado tenha parecer favorável.

  • Uma lista mensal de candidatos aprovados é divulgada na página web do Programa de Pós-Graduação em Física (http://www.if.ufrgs.br/pos) na segunda quinzena de cada mês. Esta lista refere-se às inscrições recebidas durante o período de um mês que compreende a segunda quinzena do mês anterior e a primeira quinzena do mês em curso.

  • Os ingressos ocorrem no primeiro dia útil do mês subseqüente ao da publicação das respectivas aprovações.
      • No caso de candidato com o julgamento da dissertação de Mestrado marcado para a primeira quinzena do mês de ingresso, este terá caráter condicional, sendo confirmado mediante comprovação do efetivo término do Mestrado.

  • Recursos devem ser encaminhados até 5 (cinco) dias úteis após a divulgação dos resultados.

  • Casos omissos são resolvidos pela Comissão de Pós-Graduação.

  • A eventual perda de validade do presente edital deverá ser explicitamente declarada em novo edital que o substitua, garantindo-se a manutenção das regras aqui definidas para a avaliação de inscrições apresentadas até a data da substituição.

Porto Alegre, 03 de dezembro de 2009.                   

Sérgio Ribeiro Teixeira                         

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Física 



  • Observação: Edital alterado, retirando-se a Área de Concentração Ensino de Física.


  • Resolução nº 02/2007 (http://www.if.ufrgs.br/pos/portugues/res02_07.html).