A FÍSICA NAS EMBARCAÇÕES


Angelisa Benetti Clebsch

Vocabulário

  1. Boca: largura máxima.
  2. Boreste: lateral esquerda do casco acima da linha da água.
  3. Calado: distância da linha da água à parte inferior da quilha.
  4. Casco: corpo da embarcação, sem considerar os acessórios. Não possui uma forma geométrica definida, mas a característica principal de sua forma é ter uma plano de simetria (diametral) que passa pelo eixo (imaginário) de quilha.
  5. Comprimento: extensão do casco desde a proa ( extremidade anterior) até a popa (extremidade posterior).
  6. Convés: cobertura do casco.
  7. Costado de estibordo:lateral direita do casco acima da linha da água.
  8. Leme: peça plana e vertical, que determina o rumo da embarcação.
  9. Obras mortas: parte do casco que fica acima da água.
  10. Obras vivas ou carena: parte do casco que fica abaixo da linha da água, ou seja, totalmente imersa.
  11. Popa: extremidade posterior da embarcação. Sua forma é adequada para facilitar a passagem dos filetes de água que vão encher o vazio produzido pela embarcação em movimento, tornando mais eficiente a ação do leme e da hélice.
  12. Proa: é a extremidade anterior da embarcação com forma adequada para fender o mar.
  13. Quilha: peça que vai da proa até a popa, na extremidade inferior da embarcação.

Voltar